Share Button

O rei das participações especiais, Stan Lee já apareceu em quase todos os filmes dos super-heróis da Marvel Comics. E parece que agora até a “concorrência” também quer a participação do famoso quadrinista, conforme revelou Todd McFarlane, criador do personagem Spawn e que atualmente está trabalhando em uma adaptação para os cinemas.

Durante a feira Emerald City Comic Con, que ocorreu nos EUA neste último fim de semana, McFarlane que estava em um painel ao lado de Stan Lee, falou sobre o seu entusiasmo com o projeto (via ComicBook).

Stan Lee está neste edifício degradado, e você abre a porta e o pega de surpresa, e ele está vestido com uma camiseta regata“, disse McFarlane, explicando sua visão para a participação de Lee no filme. “Ele não se barbeou por quatro dias. Ele tem uma cerveja em uma mão, e um grande charuto na outra mão“.

Isso é apenas o cenário“, McFarlane continuou. “[Lee] sempre parece legal em seus filmes – eu só quero fazer aquele velho e durão rabugento. Basicamente, o que a esposa dele vê pela manhã quando ele acorda. O real Stan Lee. Eu quero que você seja apenas desagradável. Seria incrível“.

Ainda sobre a adaptação cinematográfica de Spawn, McFarlane falou que “o filme será mais pesado do que Deadpool e Logan. Ele será sombrio. Ele será algo extremamente pesado. Eu já conversei com Stan [Lee] e ele aceitou a ideia [de sua participação]“.

Em entrevistas anteriores ele já havia afirmado que “essa será uma versão para maiores, sombria, sangrenta. Não é gentil ou apropriado para menores de 18 anos“.

Criado em 1992 por McFarlane, Spawn era o agente da CIA Al Simmons, que após ser morto numa armadilha armada por seu chefe vai para o inferno. Lá, ganha poderes após negociar com o demônio Malebolgia para se tornar um “filho do inferno”. Spawn depois revolta-se contra os demônios e passa a enfrentar as criaturas sobrenaturais e da Máfia.

Em 1997 o personagem ganhou uma versão nos cinemas, mas diferente do sucesso estrondoso que fez nos quadrinhos, o filme foi um fracasso de crítica e bilheteria. Será que desta vez vai?