Share Button

O diretor Hajime Tabata e o designer Takefumi Terada, de Final Fantasy XV, assim como o diretor Yoichi Kuroda, do Episódio Ignis, foram destaque na revista Famitsu desta semana e conversaram a respeito de Final Fantasy XV e também o que esse jogo representou para a Square Enix.

Segundo a entrevista, houveram 20 prazos de entrega para algo em desenvolvimento no jogo e isso apenas no ano passado. Além disso, ao menos uma vez por mês, a Square Enix trabalhou para lançar algo de qualidade consistente e sem bugs. Por causa disso, a empresa acredita que criou experiência em desenvolver jogos HD em uma velocidade incrivelmente alta e que seus funcionários se aprimoraram para tornarem-se mais firmes e ágeis.

A empresa reiterou que o primeiro novo DLC que veremos este ano em Final Fantasy XV é o Episódio Ardyn e que inicialmente queriam lançar três episódios em 2018, mas mudaram os planos e decidiram fazer quatro episódios.

O tipo de conteúdo que será oferecido com estes episódios será compartilhado de uma vez só pela Square Enix, quando chegar a hora. Adicionalmente, este novo conteúdo será oferecido como algo com valor significativo para a experiência do jogador no game.

Final Fantasy XV encontra-se atualmente disponível para PS4, Xbox One e PC.

Via Siliconera