Share Button

Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato“, que acaba de completar 20 anos de lançamento, quase teve a cantora-atriz-diva Cher como a principal vilã do filme, a Rainha Borg. Quem revelou a chocante novidade foi o especialista em maquiagem do filme, Scott Wheeler, em entrevista para o The Hollywood Reporter.

Eles estavam conversando, os produtores, sobre Cher interpretar a Rainha Borg. Eu não quero ofender a Cher, que teve momentos incríveis atuando, mas eu acho que teria sido terrível, e duvido que ela teria a paciência de ficar as quatro horas e meia na cadeira de maquiagem como a personagem exigia“, comentou.

Sobre a criação do visual marcante (imagem mais abaixo) da Rainha Borg, ele disse que havia apenas uma breve descrição.

Com a Rainha Borg, o roteiro tinha uma descrição simples: assustadoramente bela”, disse ele. “Eu pensei, ‘OK, por que ela é assustadoramente bonita?’ Talvez o Borg precise de um certo apelo, talvez ela seja assustadoramente bela, porque ela é uma espécie de sedutora dos ideais que os Borgs representam. Havia esse belo rosto que é basicamente esticado sobre uma forma biomecânica. Uma fachada de beleza, e quando você vai mais para trás e olha para ela, mais e mais você vê o horror e a podridão e a decadência“.

Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato” foi lançado em novembro de 1996 e foi o segundo longa-metragem a ser estrelado pelo elenco da série “Star Trek: The Next Generation”, com o Capitão Picard e sua tripulação.

Quando lançado, foi bastante elogiado pela crítica e pelos fãs, considerado por muitos como o melhor filme da franquia até então. A história é centrada nos temíveis inimigos Borgs e em sua Rainha, papel que ficou com Alice Krige.

borgqueen