Share Button

Divulgação

Para os jogadores que tem as GeForce RTX e estão sempre usando a nova tecnologia de Ray Tracing em games como o Battlefield V e o Metro: Exodus, outro jogo que está chegando com este recurso é o Stay in the Light. O game foi desenvolvido em parceria com a NVIDIA Indie Spotlight, que já recebeu até o momento mais de 800 aplicações e eles aceitaram mais de 100 jogos de diversos estilos, como Hollow Knight, Dead Cells e o Stay in The Light.

Stay in the Light único por muitas razões. Nele, você é caçado por “Ele”, uma criatura à espreita em um misterioso calabouço. Com apenas alguns itens – um espelho, giz e uma tocha – você deve sobreviver e evitá-lo. Há tesouros para encontrar, quebra-cabeças para resolver e pistas para descobrir.

O jogo tem um gerador de masmorra aleatório, então toda vez que você o joga, você está em uma nova masmorra. São horas ilimitadas de gameplay diferente e diversão assustadora.

Stay in The Light usa o Ray Tracing como parte da jogabilidade central, não apenas como algo visualmente agradável. É usado para sombras, um componente crítico que define o gênero em qualquer cenário de terror. Ele também é usado para reflexos, geralmente de uma das ferramentas mais importantes que você tem para ajudar na sua sobrevivência, o espelho. O espelho reflete as coisas atrás de você com precisão perfeita. Então você pode ficar de olho nele enquanto você faz o seu caminho através da masmorra.

Mais importante ainda, o Stay in the Light mostra que o ray tracing é fácil de usar, um dos principais motivos pelos quais todos os desenvolvedores o adotam. Com Battlefield V, Metro Exodus e Shadow of the Tomb Raider no mercado, e Call of Duty: Modern Warfare, Quake II RTX e Wolfenstein: Youngblood a caminho, deve ficar claro que os grandes desenvolvedores e produtoras estão adotando o recurso, que reduz o processamento da iluminação, além de muito mais realismo.

Além das GeForce RTX, que foram desenvolvidas usando a arquitetura Turing, recentemente saiu uma atualização no driver onde é possível usar o recurso nas GeForce GTX. Desde a Gamescom 2018, a NVIDIA tem sido pioneira no uso do ray tracing em tempo real nos jogos. Os investimentos da fabricante trouxeram o Ray Tracing para praticamente qualquer orçamento (GeForce GTX e RTX); uma API padrão do setor (Microsoft DXR); suporte nos principais mecanismos de jogo (Unity e Unreal Engine); Jogos AAA que o suportam; e desenvolvedores independentes usando isso para se diferenciar.

Stay in the Light já está disponível como acesso antecipado no Steam. Até o dia 10 de junho o game está com um desconto. Para quem curte jogos de terror e com visual em primeira pessoa, vale a pena dar uma conferida.

Divulgação