Share Button

A Nintendo anunciou que o Switch chegará ao Brasil no dia 18 de setembro e será vendido pelas Lojas Americanas, Magazine Luiza e Submarino pelo valor sugerido de R$ 2.999.

Juntamente com o console, a Nintendo irá disponibilizar o Pro Controller no país por R$ 469, e pares de Joy-Con avulsos, por R$ 499. As cores dos Joy-Con adicionais serão verde neon e rosa neon, e azul neon e vermelho neon.

É importante ressaltar que o Switch que estará sendo lançado no Brasil é aquela versão com bateria melhorada, disponibilizada ano passado nos EUA, Europa e Japão. O Switch Lite também está nos planos da Nintendo, pretendendo trazê-lo ao mercado brasileiro em 2021.

O Switch brasileiro trará um suporte e um conjunto de alças para os Joy-Con, uma base para o Switch, um cabo HDMI, um adaptador AC para o Brasil e um manual de início rápido em português brasileiro.

Quanto aos jogos em formato físico, a Nintendo explicou ao The Enemy que no momento sua estratégia é continuar focando na distribuição deles de forma digital, por meio da Loja Nintendo e de parceiros do varejo que comercializam códigos de jogos, pois dessa forma conseguirá oferecê-los “a um preço mais acessível”.

Infelizmente a localização dos games para português brasileiro, uma das principais demandas dos fãs, continua sem previsão para acontecer, conforme explicou a empresa.

Divulgação

A Nintendo também disse estar trabalhando na reformulação da eShop brasileira, de modo que ela ofereça mais conteúdo. Lançada em 2018, ela permite somente a compra de apenas alguns jogos digitais, sendo muito inferior a de países como Estados Unidos e Japão.

Por fim, o suporte técnico também será reforçado, havendo uma renovação nessa área no Brasil com uma nova plataforma virtual em português brasileiro, na qual os consumidores poderão tirar dúvidas rápidas sobre o Switch e serviços da empresa. Em complemento a isso, um novo centro de serviços no Brasil já se encontra em funcionamento e irá cuidar com as demandas técnicas ligadas ao console no país.