Share Button

Fatal Bullet é o sexto jogo baseado na franquia Sword Art Online, obra do japonês Reki Kawahara. Também é o primeiro jogo da série a ser lançado para um console da Microsoft. O game é uma sequência direta de Hollow Realization (2016) se passando dentro da realidade virtual Gun Gale Online, desenvolvida pela companhia Zaskar. Embora os eventos de Death Gun estejam presentes no game, os fatos não serão canônicos, ou seja, detalhes inéditos foram adicionados neste jogo. Confira agora nossa análise.

Em SAO:FB você cria um avatar que irá te representar dentro do jogo de realidade virtual no qual se passa a história, o sistema Gun Gale Online. Sua amiga de infância Kureha te apresenta o universo do game com um tutorial, e em meio ao treino, sem querer, ela envia seu avatar para outra sala através de uma mesa de teletransporte. Neste momento seu personagem acidentalmente ativa uma unidade de Inteligência Artifical (ArFA-sys), que se torna parte do time como personagem de suporte.

A campanha principal é relativamente curta para um JRPG, levando em média 30 horas para ser finalizada. Entretanto existe conteúdo extra para prolongar a jogatina, como missões secundárias e partidas online cooperativas e versus. A jogabilidade, embora funcione bem, é básica, como em um jogo de PS2, ou seja, não aproveita recursos atuais, muito menos explora oportunidades no cenário. Em outras palavras é possível correr, pular, esquivar e atirar nas batalhas.

Em compensação existem customizações para vestuário e armas, que aprimoram os ataques e permitem ataques especiais chamados de Weapon Art. Armas comuns também podem ser personalizadas e vendidas. Os inimigos por sua vez seguem o estilo clássico: quanto maior, mais perigoso. Já os gráficos são bonitos, dentro do esperado de um game baseado em anime. A design é fiel ao do desenho e tem cores vívidas que contrastam muito bem com os cenários.

Sword Art Online é o jogo mais bem feito da franquia. Cores mais vibrantes, uma jogabilidade simples, porém funcional, customizações e modo online cooperativo e PVP. É um título feito para quem é fã do universo SAO, mas graças a introdução detalhada e bem explicada consegue ser acessível até para quem nunca teve contato com a saga antes. É um JRPG dentro do esperado, que cumpre sua proposta sem tentar pisar em um território que não domina.