GamesNotícias

Take-Two abre processo contra o estúdio Hazelight devido ao jogo It Takes Two

A Take-Two, dona da Rockstar, anunciou que abriu um processo contra a desenvolvedora Hazelight por causa do jogo It Takes Two. O motivo? Ela acusa o estúdio de estar ganhando dinheiro com o nome dela.

De acordo com o site Eurogamer, a Hazelight acabou se vendo forçada a abandonar seu domínio em cima do nome do jogo. Em uma declaração feita à página, um porta-voz disse que o estúdio “não pode comentar a respeito de disputas em andamento”, mas que a equipe está “esperançosa de que isso será resolvido”.

Não foi dito como o abandono da marca It Takes Two vai impactar a habilidade da Hazelight em vender ou promover o jogo e se há planos para renomear o game.

It Takes Two

It Takes Two é mais uma das vítimas dos processos abertos pela Take-Two envolvendo violação de direitos autorais e marcas comerciais. A empresa já abriu processos contestando nomes que tenham conexão com as palavras Rockstar, Social Club, Mafia, Civilization, GTA, Bully e assim por diante.

Alguns exemplos incluem “Think Like A Rockstar”, uma marca de livros musicais para apresentações ao vivo, que precisou ser abandonada após a ação judicial da Take-Two, e “Rockstar Axe Throwing”, uma empresa localizada na Flórida onde os clientes vão para treinar arremesso de machados, e que atualmente está tentando se opor à aquisição da marca pela Take-Two.

A área jurídica da Take-Two também está correndo atrás de alguns mods feitos para GTA e projetos envolvendo a engenharia reserva dos jogos da empresa.

Artigos relacionados