Share Button
Team oNe pode assumir gerenciamento do projeto de esports do Flamengo, afirma site (Foto: Bruno Alvares, Cesar Augusto e Pedro Pavanato/Riot Games)

Foi publicado pela ESPN Esports Brasil na manhã desta terça-feira (22) que o time de League of Legends do Flamengo passaria a ser administrado pelo Team oNe, que assumiria o papel da agência Go4it, responsável por gerenciar o projeto desde o início do mesmo em 2017.

De acordo com as informações, o Flamengo ficaria responsável apenas pelos contratos e pela imagem dos jogadores do clube, enquanto o Team oNe seria responsável por administrar jogadores, comissão técnica, preparação, gestão do centro de treinamento e gerenciar a venda de patrocínios, que terá o dinheiro dividido entre as duas organizações.

Ainda segundo a matéria publicada pela ESPN Esports Brasil, a semana atual será importantíssima para que ambos os times cheguem a um acordo final. É esperado que tudo esteja nos conformes já na próxima semana.

Embora os detalhes da negociação estejam se desdobrando, vale ressaltar que existe uma regra que não permite que uma organização retorne à liga da qual foi rebaixada até que se passe, no mínimo, uma etapa na divisão atual. A Team oNe foi rebaixada na última etapa do CBLoL 2019 e isso fazer com que a Riot Games não aceite o acordo entre os Golden Boys e Rubro-negros. Nenhum dos envolvidos se pronunciou com relação a isso até a publicação dessa matéria.

O Flamengo eSports foi anunciado oficialmente em abril de 2017 e até então só se fez presente no League of Legends. A equipe venceu a última etapa do CBLoL 2019 e foi o primeiro “time de futebol” do país que representou a região no Campeonato Mundial. A campanha não foi tão bem sucedida quando se esperava e o time acabou caindo ainda na primeira fase, o que inclusive gerou o descontentamento de alguns jogadores. Luci, conforme foi apurado por diversos sites, não seguirá com o time para a próxima temporada. O selva Shrimp é outro que deve deixar a equipe.

Além dos vice-campeonatos e do título no CBLoL, a equipe também foi vice-campeã no Circuito Desafiante na primeira etapa de 2018. Felipe “brTT” e companhia conquistaram a vaga na elite após rebaixar a própria Team oNe na série de promoção para o 2° split do CBLoL 2018.