Share Button

Devido ao forte terremoto de magnitude 8,9 que atingiu nesta sexta-feira (11) a costa nordeste do Japão, várias fábricas, indústrias e usinas nucleares foram fechadas. Os estabelecimentos da Sony na região não foram exceção, com seis indústrias sendo desligadas, segundo informou a agência de notícias de Kyodo.

O terremoto que abalou o país provocou destruição em empresas e áreas residenciais, e segundo nota da agência, a tragédia vai provocar um enorme impacto econômico sobre o Japão. Outras companhias que também fecharam suas operações foram a Honda, Hokuriku Electric Co., JX Nippon Oil & Energy Corp., Cosmo Oil Co., entre outras.

O terremoto ocorreu às 14h46 da hora local (2h46 no Brasil), e teve seu epicentro no Oceano Pacífico, a 130 quilômetros da península de Ojika e uma profundidade de 24,4 quilômetros, formando tsunamis de até 10 metros de altura, segundo informações do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).