Share Button
Rakin é jogador do Team Liquid, uma das maiores organizações do cenário norte-americano (Foto: Divulgação)

Por decisão da própria plataforma, Rafael “Rakin” ficou de fora da lista de convidados para disputar o Twitch Rivals, o primeiro torneio mundial de TeamFight Tatics (TFT), o novo modo de jogo do League of Legends. Embora tenha aparecido como destaque por causa do modo nas últimas semanas, relações contratuais com a empresa “não permitiram” que o jogador do Team Liquid disputasse o torneio.

Em vídeo publicado no seu canal do YouTube, Rakin explicou aos fãs que desde o ano passado vem sofrendo com problemas envolvendo o seu contrato com a Twitch. O streamer detalha que o contrato entre ele e a plataforma seria renovado, mas a mesma acabou sendo um empecilho, atrasando todas as questões contratuais da parceria. Por causa disso, Rakin entrou em negociação com outras plataformas e isso gerou um conflito com a Twitch, que por causa disso, o manteve de fora do Rivals.

A decisão pegou muita gente de surpresa pelo fato do Rakin ser um dos principais jogadores de TFT da plataforma, ocupando a quinta posição entre os mais assistidos, com mais de 480 mil horas assistidas no período de uma semana.

O Twitch Rivals está marcado para acontecer nos dias 17 e 18 de julho e contará com uma premiação total no valor de US$125 mil, aproximadamente R$480 mil.