Share Button

A Naughty Dog está frustrada em não poder lançar The Last of Us Part II no dia 29 de maio por causa da pandemia do novo coronavírus, que está afetando a logística para o lançamento das cópias físicas.

Conforme dito ao PlayStation Blogcast por Neil Druckmann, chefe da Naughty Dog, todos no estúdio estão tão decepcionados quanto os jogadores que aguardam ansiosamente pelo game.

“Eu sei que os fãs estão desapontados, e acredite em mim quando digo que estamos tão desapontados quanto, se não mais, por não conseguir lançar o jogo a tempo,” disse Druckmann, ressaltando também que no momento, por causa da situação atual do mundo, todos da desenvolvedora estão trabalhando em casa no jogo.

Atualmente, de acordo com Druckmann, a Naughty Dog está conversando com as redes de lojas, estudando “diferentes opções” pra ver quando conseguirá fornecer as cópias físicas de The Last of Us Part II às pessoas. Um lançamento inicialmente apenas digital não está nos planos.

Sobre uma demo para os jogadores enquanto esperam pelo lançamento, Druckmann disse ser algo inviável e prefere que a equipe trabalhe para terminar o jogo final, que está quase pronto, faltando apenas polir algumas arestas.

“Isso é uma quantidade enorme de trabalho que não queremos jogar para cima da nossa equipe. Preferimos focar em terminar o próprio jogo,” disse Druckmann ao falar a respeito de uma possível demo.

Ele também esclareceu que a demo mostrada ano passado à imprensa está “muito desatualizada agora”, e que dá-la ao público não seria um indicativo de como estaria o jogo final.

Via VG247