Share Button

A PlayStation confirmou (via ResetEra) que The Last of Us Part II não será lançado em diversos países do Oriente Médio. O motivo para o banimento é que o jogo possui cenas de nudez e conteúdo LGBT, terminantemente proibidos em locais cuja religião majoritária é o islamismo.

No passado, a Ubisoft precisou censurar as cenas de nudez presentes em Assassin’s Creed Origins e Assassin’s Creed Odyssey para conseguir lançá-los naquela região. O mesmo ocorreu com The Witcher 3 por parte da CD Projekt. Entretanto, isso não tem como ser feito em The Last of Us Part II devido ao material LGBT.

Aparentemente, o único local do Oriente Médio onde o game será lançado oficialmente é Israel, justamente por não ser um país islâmico. Inclusive, o jogo está em pré-venda na sua respectiva PlayStation Store.

The Last of Us Part II chega no dia 19 de junho para PlayStation 4.

Via Eurogamer