Share Button

A Obsidian Entertainment tem uma grande reputação entre os gamers. Com importantes títulos no currículo, como “Fallout: New Vegas” e “Pillars of Eternity”, a desenvolvedora resolveu se arriscar com um jogo totalmente novo, mas ainda com suas marcas registradas: “The Outer Worlds”

Passando-se em um futuro no qual a colonização de outros planetas já é algo corriqueiro, você será humano que estava sendo transportado para uma colônia perto dos limites da galáxia, mas a sua nave se perdeu no meio do caminho e todos os lá presentes ficaram em sono criogênico por 70 anos.

Após ser resgatado por um misterioso homem, sua missão inicial é ajudar na missão de regaste das outras pessoas que tiveram um destino similar ao seu. Assim como nos games que a empresa já se envolveu, escolhas morais são normais e abundantes – estando presentes logo no início da aventura.

A Obsidian já informou que, diferentemente de “Fallout”, este título não terá um mapa em mundo aberto; contudo, os ambientes serão grandes e poderão ser explorados com tranquilidade. A duração estimada será algo entre 30 e 45 horas – não muito longo para um RPG, mas bom o suficiente para contar uma história densa e bem estruturada.

Os locais visitados são planetas, geralmente povoados por organizações e comerciantes. A tematização dos estabelecimentos é um show a parte – estando no mesmo nível das ótimas artes oferecidas no universo de “Fallout”.

Os ambientes são coloridos e criativos, misturando tecnologias futuristas com um contraste peculiar ao estilo próprio dos seus criadores. E, como já era esperado, a ação será toda vivenciada em primeira pessoa – com um personagem que, conforme já mencionado, poderá escolher entre diversas escolhas morais que afetarão o desenvolvimento do enredo; contudo, não será dublado.

Para personalizar o seu “explorador”, será disponibilizado seis opções principais de habilidades – atributos já conhecidos pelos fãs, como inteligência, força, sorte e etc. O sistema de “Perks” também estará presente, mas ainda não foi detalhado minuciosamente.

O principal fator que diferenciará este produto dos seus “primos mais velhos”, no segmento de desenvolvimento do seu “herói” (ou não), será o mecanismo intitulado como “Falhas”. Usando esse sistema, você poderá escolher uma característica negativa para o protagonista, como… por exemplo, medo de chamas – ou algo do gênero. Apesar de limitar algumas interações com o gameplay, o jogo oferecerá uma outra perk / habilidade para equilibrar.

E como já é conhecido, você poderá batalhar e desbravar os planetas com companheiros – cuja interação dependerá exclusivamente das suas escolhas durante a trama. Opções de romance, porém, não estarão disponíveis desta vez – diferentemente de jogos como Mass Effect e Dragon Age.

Fique com o trailer oficial utilizado pela Obsidian para anunciar a sua inédita criação:

Para complementar, é interessante assistir o vídeo a seguir, pois lá é detalhado o esquema de gameplay e algumas outras peculiaridades:

“The Outer Worlds” estará disponível para PC, Xbox One e PlayStation 4. O seu lançamento está agendado para 2019, mas uma data específica ainda não foi confirmada. Alguns rumores apontam para 6 de agosto; todavia, até então, não foram confirmados oficialmente.