Share Button

Pode não ser um elemento essencial em um jogo, mas sem dúvida a trilha sonora é um fator marcante no contexto geral de um game de qualidade. E por isso o nosso Top 10 da vez teve uma difícil tarefa: tentar listar alguns títulos com músicas sensacionais e inesquecíveis. Estamos cientes que há inúmeros jogos com excelentes trilhas sonoras, e que por motivos óbvios é impossível listar todos aqui, por isso se deixamos algum dos seus favoritos de fora, conte para nós nos comentários. Provavelmente faremos uma Parte 2 futuramente, então não se desesperem e tenham paciência (eu deixei algumas trilhas de fora com muito sacrífico, então entendo a tristeza de vocês de não ver o game aqui). Certamente, em algum momento da sua vida gamer, uma música especial deve ter te marcado. Confira o nosso “Top 10 – Trilhas Sonoras Sensacionais dos Games” abaixo e veja quantos desses títulos te marcaram musicalmente.

Bônus Stage

Streets of Rage

Para começar a nossa lista nada como um dos maiores clássicos da história dos games. Lançado em 1991 exclusivamente no Mega Drive, o jogo fez sucesso por trazer o popular gênero “briga de rua” dos arcades para o conforto de dentro de casa, com excelente qualidade e diversão. E um dos seus grandes destaques era a trilha sonora, composta por Yuzo Koshiro e que trazia fortes influências de músicas eletrônicas house, techno e rave, conquistando jogadores em todo o mundo. Certamente um dos momentos mais marcantes da minha vida foi ouvir a música de abertura desse jogo. Outros trabalhos de destaque de Koshiro foi na sequência “Streets of Rage 2“, “The Revenge of Shinobi” e “ActRaiser“.

Chrono Trigger

Outro clássico de respeito que não pode faltar em uma lista como essa é a trilha sonora de “Chrono Trigger“, lançado em 1995 para o Super Nintendo. O jogo conta com um “time dos sonhos” em sua produção, com nomes como Hironobu Sakaguchi, criador da série “Final Fantasy”; Yuji Horii, criador da série “Dragon Quest”, Akira Toriyana, desenhista criador de “Dragon Ball” e os compositores Yasunori Mitsuda, que se esforçou tanto na trilha sonora que acabou adoecendo e teve seu trabalho finalizado por Nobuo Uematsu, tradicional compositor da série “Final Fantasy” (ele compôs 10 músicas das 54 totais). Mitsuda também trabalhou na trilha de “Chrono Cross“, sequência lançada em 1999 (e também com belíssimas composições).

Top 10

10 – DmC: Devil May Cry

Lançado originalmente em 2013 e recebendo uma versão remaster em 2015 (leia nossa análise aqui), “DmC” criou bastante polêmica ao apresentar um reboot da cultuada série nipônica criada pela Capcom em 2001. A trilha sonora do game foi composta pelas bandas Noisia e Combichrist, trazendo um heavy metal intenso que se encaixa perfeitamente com o ambiente frenético e hostil que Dante enfrenta no jogo, que certamente vai agradar aos fãs do gênero.

09 – Halo

Considerado um dos melhores FPS espaciais dos videogames, “Halo” surgiu em 2001 com uma trilha sonora marcante composta por Martin O’Donnell, que trabalhou nos quatro jogos desenvolvido pela Bungie, sendo o último “Halo: Reach“. O’Donnell também participou da trilha sonora de “Destiny“, até ser despedido pela Bungie em uma polêmica situação.

08 – Uncharted

O primeiro “Uncharted” marcou a geração do PlayStation 3 em 2007 ao mostrar do que o console era capaz de fazer e reinventando o gênero popularizado anos antes principalmente pelos jogos da série “Tomb Raider”, com a musa Lara Croft. Todos os três games possuem músicas orquestradas divinas, compostas por Greg Edmonson, mas o quarto jogo, previsto exclusivamente para PS4, conta com um novo compositor, Henry Jackman, em seu primeiro trabalho com videogames. Vamos torcer para ele se inspirar na obra de Edmonson.

07 – Silent Hill

O primeiro “Silent Hill” foi lançado em 1999 para o PSOne e desde então deixou a sua marca registrada na história dos survival horrors, especialmente pelas suas músicas marcantes compostas por Akira Yamaoka, que trabalhou nos principais jogos da série, até deixar a Konami em 2009.

06 – God of War

Kratos iniciou sua jornada épica contra os Deuses do Olimpo em 2005, com primeiro game lançado para PlayStation 2 e desde então acompanhado de uma trilha sonora épica digna de fazer até os deuses sorrirem ao ouvir. Todos os quatros principais games (sem contar os portáteis) contaram com um time de compositores para a realização das músicas e pessoalmente, gosto muito dos temas de “God of War III“.

05 – Castlevania

A série Castlevania ao longo dos seus quase 30 anos de existência (a completar em 2016) possui uma vasta biblioteca de excelente músicas, que incluem vários gêneros, desde o jazz ao orquestrado e rock ‘n roll. Algumas dessas músicas se tornaram clássicas e aparecem em vários games da franquia, como “Vampire Killer“, “Bloody Tears” e “Beginning“. Uma das trilhas sonoras mais aclamadas da série é a do clássico “Castlevania: Symphony of the Night“, lançado em 1997 para o PSOne e assinada por Michiru Yamane, incluindo vários gêneros como clássica, techno, jazz, gótico, rock e até popzinho à lá Celine Dion, com a música de encerramento “I’m the Wind”. O recente “Lords of Shadow” também conta com uma belíssima trilha sonora, assinada pelo espanhol Oscar Araujo.

04 – The Legend of Zelda

Desde o nintendinho 8 Bits a série “The Legend of Zelda” vem encantando jogadores com as suas belas composições e consagrando-se como uma das principais franquias da Nintendo. Koji Kondo é o responsável pela criação dos icônicos temas que acompanharam milhões de jogadores nas aventuras de Link e cia. Kondo também é responsável pela maioria das trilhas sonoras da série “Super Mario Bros”, provando ao mundo que não está aqui para brincadeiras.

03 – World of Warcraft

WoW certamente é um dos maiores sucessos comerciais da história desde o seu lançamento em 2004, que conta em sua trilha sonora com vários compositores que deram sua contribuição com temas orquestrados memoráveis. Quem já jogou WoW já deve ter percebido o empenho que a Blizzard dedicou nas canções, para deixar a experiência ainda mais épica e inesquecível.

02 – Shadow of the Colossus

SotC é considerado uma obra de arte dos videogames, originalmente lançado em 2005 para o PlayStation 2 e em 2011 para o PS3 em uma versão de alta definição. A trilha sonora, assim como todo o resto do jogo, possui temas imersivos e emocionais, que conseguem captar os sentimentos do jogador, e que geralmente tocam durante as cutscenes e nas batalhas contra os Colossus. Toda a trilha foi composta por Kow Otani, que já fez outros trabalhos com vários animes e filmes japoneses.

01 – Final Fantasy

E o nosso primeiro lugar fica com a franquia “Final Fantasy“, uma das maiores e mais emblemáticas na história dos videogames, com temas musicais que atravessaram gerações nas mãos de alguns compositores, mas nenhum tão importante quanto o nome de Nobuo Uematsu, que deixou o seu legado musical nos primeiros nove títulos da série e trabalhando com outros compositores nos dois títulos seguintes – em 2010 ele voltou com sua última contribuição para a série com “Final Fantasy XIV”. Nobuo Uematsu certamente é um dos maiores nomes da game music e já pode ser considerado o “John Williams dos videogames”. Particularmente, gosto muito das trilhas de “Final Fantasy VI“, “Final Fantasy VII“, “Final Fantasy X” e “Final Fantasy VII Advent Children“.