Share Button

O ano de 2017 já está chegando ao fim e “Liga da Justiça” é o último filme de super-heróis a estrear nos cinemas em 2017 – atualmente em cartaz nos cinemas brasileiros. O site GameHall resolveu eleger quais foram os melhores do ano (em nossa modesta opinião, é claro), listando os acertos e erros de cada produção.

Confira abaixo o Top 6, do pior para o melhor:

6 – Liga da Justiça

Apesar de ser um filme melhor estruturado em relação aos fracos “Batman vs Superman” e “Esquadrão Suicida”, o filme que reúne os maiores heróis da DC Comics possui uma série de problemas, começando pelo seu vilão Lobo da Estepe, facilmente um dos piores a já aparecer em um filme do gênero. Sua participação no filme é apenas esbravejar, mostrar seu enorme poder e fazer caretas, sendo totalmente descartável e sem carisma nenhum. A narrativa é bem morna, sem momentos épicos e com um grande desperdício do material utilizado. Outro problema que muitos fãs estão reclamando é sobre o Batman piadista, pois a todo momento o personagem está falando alguma gracinha (Batman dos anos 60?) – um alívio cômico que poderia pertencer apenas ao Flash, que por sua vez tem uma interpretação extramente exagerada e caricata. o Aquaman fala apenas algumas palavras, mas por outro lado a Mulher Maravilha está bem representada. Por fim, um dos melhores momentos é o surgimento do Superman, que dá um gás para o filme – mas sentimos falta do uniforme negro das HQs e a reaparição de Clark Kent no cenário nem ao menos foi explicada (afinal, o personagem estava morto e enterrado e então volta do nada e vai trabalhar normalmente no Planeta Diário?). Resumindo: um filme bem genérico.

5 – Mulher-Maravilha

A famosa amazona caiu nas graças dos fãs com a personificação de Gal Gadot e ganhou um filme “redondinho”, mas que também possui alguns problemas, novamente com um vilão (Ares) sem expressão nenhuma. O filme possui três atos, sendo que a segunda parte quando a heroína vai para a cidade é totalmente dispensável. Mas resumindo, é um filme mais interessante que Liga da Justiça.

4 – Thor: Ragnarok

Após dois filmes bem meia-boca, o Deus do Trovão finalmente ganhou uma produção que utiliza bem o seu legado nas HQs. Alguns não gostaram da pegada cômica do diretor Taika Waititi, mas em minha opinião é o tom certo para Chris Hemsworth, que não é muito bom como ator dramático e sério, como foram os outros dois filmes. Mas quem rouba a cena mesmo é Cate Blanchett, que deu vida de forma brilhante à vilã Hela – provavelmente a melhor vilã do universo cinematográfico Marvel até o momento (será que Thanos conseguirá superá-la?). A Valquíria, Loki e Hulk também estão ótimos na tela, assim como Jeff Goldblum como o Grão Mestre, que está bem confortável no papel e dá mais peso à produção. Além disso há várias homenagens a Jack Kirby e Walt Simonson, nomes consagrados nas HQs do personagem. Um filme com a qualidade Marvel no seu melhor!

3 – Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Muitos ficaram com um pé atrás com um novo reboot do amigão da vizinhança, mas ele veio reforçado com algo inédito para o personagem: a introdução ao universo cinematográfico Marvel, que já havia acontecido em Guerra Civil. A participação de Robert Downey Jr. foi acertada, sem passar muito tempo na tela, ele consegue ter uma participação relevante sem ser apelativo “hey, estou aqui apenas para atrair o público“. Homem-Aranha: De Volta ao Lar não tem a ambição de ser uma produção grandiosa e épica sobre o escalador de paredes, pelo contrário, ela é totalmente despretensiosa e espirituosa, apresentando uma aventura de super-herói leve e alegremente divertida – como deve ser um filme do Homem-Aranha. Destaque para Michael Keaton como o vilão Abutre, muito bem representado pelo ator veterano e que consegue conquistar o público.

2 – Guardiões da Galáxia 2

Mais um filme com a qualidade Marvel em seu auge. O primeiro já havia sido uma grata surpresa em 2014, e sem mudar muito a fórmula, o diretor James Gunn fez uma sequência mais grandiosa, com um estilo visual e sonoro que se encaixam como uma luva para o universo dos heróis espaciais. O elenco principal está ótimo na tela, com destaque para Sylvester Stallone e Kurt Russel como Ego – novamente um excelente vilão, parece que a Marvel aprendeu a fazer os bandidos finalmente!

1 – Logan

E por fim, em nosso primeiro lugar temos Logan, o filme de despedida de Hugh Jackman como o famoso mutante. Um longa-metragem ousado, que deixa o mundo colorido e cheio de efeitos especiais dos super-heróis de lado em troca de um drama melancólico, cheio de momentos tensos e violentos – e acima de tudo muito humano. Uma verdadeira obra de arte com um elenco afiadíssimo, excelente roteiro e fotografia. Que sirva de exemplo para mais produções desse naipe!

E aí, você concorda com o nosso Top 6? Tem uma opinião diferente? Deixe aí nos comentários a sua lista para a gente ver!