Share Button

Atualização 22h23:

De acordo com a Capcom, Street Fighter V no PC teve sua versão revertida para aquela que existia antes da atualização problemática, mantendo o conteúdo novo disponibilizado este mês.

Pelo menos reconheceram o problema e o arrumaram rapidamente.

Notícia original – 23/09 – 18h20:

A Capcom disponibilizou a mais recente atualização para Street Fighter V a qual introduz o personagem Urien, um modo vs. CPU e também algumas medidas anti-trapaça.

Essas medidas necessitam que o jogador autorize o jogo a acessar o kernel no PC, abrindo uma janela de Controle de Conta de Usuário para isso antes de rodar, algo bastante estranho. O kernel é, resumidamente, algo essencial para que o computador funcione, pois ele administra as principais funções no sistema operacional.

Foi dito pela Capcom em uma postagem no Steam que o patch não é uma forma diferente de DRM, mas apenas uma maneira de impedir as pessoas de hackearem o arquivo executável. Ela não bloqueia o jogo de ser rodado offline, mas requer uma confirmação toda vez que for executado.

O usuário extrwi no Reddit explicou que as mudanças feitas na máquina com esta atualização são muito graves. De acordo com ele, o patch abre uma brecha que permite a qualquer pessoa tomar controle do sistema. Ele recomenda que ninguém rode Street Fighter V no PC caso tenha instalado a atualização.

Além disso, vários jogadores estão reportando problemas depois de terem o jogo atualizado, que vão desde ele não funcionar mais como até mesmo a aparição da famosa tela azul do windows.

Em uma declaração feita no Twitter, a Capcom disse que irá fazer um “rollback” na versão para PC, o qual removerá as aparentemente nada seguras medidas anti-trapaça, ao mesmo tempo que fará com que todo o conteúdo extra de setembro seja mantido.

Via Arstechnica e NeoGAF