Share Button

Zangado informou por meio de um comunicado de imprensa divulgado por sua assessoria que o YouTube começou a restaurar seu canal e aos poucos os vídeos estão voltando. Zangado pediu aos inscritos que verifiquem se ainda estão inscritos, já que muitos perderam a inscrição e a ativação do sininho. O canal dele pode ser acessado neste link.

“Gostaria de agradecer a todos vocês que mandaram mensagens pelas minhas redes sociais, aos que tuitaram pedindo ajuda ao time do Google, aos que usaram seus contatos para tentar ajudar e principalmente aos meus fãs, que como sempre foram sensacionais me apoiando nesse momento que foi o mais difícil da minha carreira de 11 anos no YouTube”, disse Thiago Silva, o Zangado.

O que aconteceu

O canal do Zangado comemorou 11 anos de YouTube em 30 de novembro e um dia depois foi hackeado.

Em 1º de dezembro, por volta das 18h30, os milhares de vídeos de gameplay, reviews e sagas haviam sido removidos do canal, que estava sendo usado para fazer lives sobre bitcoins.

O canal do Zangado é um dos mais tradicionais do YouTube Brasil. Quando o Zangado começou havia apenas seis influenciadores no Brasil. O Thiago Silva, que usa o apelido Zangado para manter seu anonimato, é Engenheiro Civil e deixou a profissão há alguns anos para viver dos seus vídeos. Além do canal faz conteúdo gamer para empresas e apresenta o podcast Z-Cast.

“Apesar de tudo, um problema realmente grave, o lado bacana da história foi a mobilização. Receber apoio de amigos queridos, da imprensa – foram publicados mais de 50 artigos – e os mais de 100 tweets de influenciadores de todos os tamanhos do Brasil apoiando o Zangado nesse momento difícil. O processo demorou mas quero agradecer o apoio do Time do YouTube no Brasil”, diz Fernanda Domingues, CEO da FD Comunicação e empresária do Zangado há seis anos.