Games

Vale a pena comprar o Xbox Series S? Confira nossa análise

Muitos gamers querem saber se vale a pena comprar o Xbox Series S. Embora o lançamento seja recente, isto é, novembro de 2020, algumas pessoas ainda tem dúvidas sobre o console. Hoje vamos explorar o pequeno notável da Microsoft e esclarecer se ele vale ou não a pena.

O que é Xbox Series S?

O Xbox Series S faz parte da nova família de consoles Xbox da 9ª Geração, assim como o Series X. Ele é o modelo de entrada da linha, mas roda todos os jogos disponíveis para o seu irmão mais poderoso.

O Xbox Series S tem Ray Tracing?

Este é um dos tópicos mais procurados, por isso é a primeira coisa que iremos falar. Sim, o Xbox Series S tem Ray Tracing. Entretanto, esta função fica a cargo das desenvolvedoras, ou seja, é necessário que o jogo tenha este recurso ativo.

Sendo assim, pode ocorrer da função ser disponibilizada apenas para Series X, como acontece em Devil May Cry 5: Special Edition, por exemplo. Por outro lado, em jogos como Watch Dogs Legion e Call of Duty: Black Ops Cold War é possível curtir o recurso no Series S.

vale a pena comprar xbox series s
Fonte: www.press-start.com.au/

O Xbox Series S roda 4k?

A especificações oficiais do Xbox Series S informam que a resolução do aparelho é 1440p a 60PFS, podendo chegar a 120FPS. Porém, alguns jogos oferecem suporte ao 4K. Ori and the Will of the Wisps e o The Touryst são dois exemplos. Então, o 4K no Series S é a exceção, e não a regra.

O Xbox Series S é melhor do que o Xbox One X?

Sim.  Num primeiro momento, olhando as especificações técnicas de ambos os videogames, a impressão é de que o Series S tem menos poder. Mas não é bem assim. O XBS trabalha com uma arquitetura mais moderna e, além disso, usa SSD. Logo a sua performance é superior e, a longo prazo, vai entregar melhores resultados do que o One X.

O Xbox Series S tem retrocompatibilidade?

Sim. Ele roda todos os jogos disponíveis na loja digital do Xbox, ou seja, títulos de Xbox, X360, XOne e X|S. Vale lembrar que ele não tem leitor de disco, por isso, não é possível utilizar mídias físicas no aparelho. Para expandir a capacidade de armazenamento pode-se acoplar um HD Externo para jogar os games que não sejam da geração X|S. Veja a seguir o console rodando Nier Replicant.

O Xbox Series S é bivolt?

Sim, ele é bivolt. Ele tem uma fonte de alimentação interna compatível com ambas as voltagens. Atualmente é muito raro encontrar um aparelho nacional que não seja nesta configuração.

O Xbox Series S tem 2 controles?

Não. Seguindo o padrão das últimas gerações o console vem de fábrica com apenas um controle. Esta prática é adotada por todas as empresas e apenas modelos e/ou edições especiais de Xbox e outras fabricantes acompanham mais de um controle na caixa. Caso queira um segundo controle é necessário adquiri-lo separadamente.

Mas e aí, vale a pena comprar o Xbox Series S?

Enfim, com base no que foi esclarecido acima podemos dizer que o Series S é um excelente console. Embora seja o modelo de entrada na 9ª Geração ele está preparado para entregar a performance do Series X e do PS5 além de rodar todos os games atuais e a biblioteca de retrocompatíveis. Tudo isso por um preço menor.

Seu único ponto a desejar é a ausência de drive de disco, o que impede a utilização de mídias físicas de jogos ou filmes. Se isso não for um problema para você o Series S é a melhor opção para quem quer jogar tudo que há de novo no mercado sem gastar muito e ainda sim ter uma experiência satisfatória.

Artigos relacionados