Share Button

O Brasil tem chance de colocar pela primeira vez na história, uma equipe brasileira de Counter Strike:Global Offensive oriunda do cenário nacional, nas finais da ESL Pro League, nesta sétima edição a qual já foi dada a largada dos regionais classificatórios. E o caminho para isso acontecer, é através da ES LA League, que irá oferecer uma vaga no torneio Mundial para a equipes sul-americana que conseguir conquistar seu título.

O campeonato irá contar com oito participantes, que foram definidos na última segunda-feira (3), por meio de um qualificatório com dezesseis equipes participantes. Destas oito classificadas, seis delas são brasileiras e apenas duas de países vizinhos: uma da Argentina e a outra do Uruguai. O Chile também contou com dois representantes, mas nenhum deles conseguiu buscar a classificação. Desta forma, com a maioria a favor do Brasil, nosso país tem grandes chances de conseguir esta única vaga.

Confira a seguir os oito participantes da LA League:

W7M Gaming Yeah! Gaming
Sharks Furia
Dereguedere Isurus Gaming
Team Wild Furious Gaming

O torneio acontece entre os dias 7 e 28 deste mês, com o formato de pontos corridos, que leva os dois melhores times até a Grande Final, no dia 5 de maio. Desta decisão, irá sair o felizardo que irá garantir a maior parte do montante de 50 mil Reais dispostos para a premiação, e também dono da vaga de um dos Mundiais de CS:GO da ESL.

Além destas seis equipes brasileiras que disputam apenas uma vaga na LA League, também há outras duas na briga por um dos seis spots cedidos ao cenário norte-americano: a SK Gaming e a Luminosity Gaming. Desta forma, caso ocorra favoravelmente ao Brasil, o país terá três representantes nas finais da ESL Pro League, que por sua vez, acontecerá em Dallas, nos Estados Unidos, entre os dias 14 e 20 de maio, com uma premiação total de 750 mil Dólares.