Share Button

O especialista em segurança Brandon Nesbit está prestes a dar uma palestra sobre como os videogames podem ajudar a capturar um criminoso ou inocentar uma pessoa de que não fez nada de errado e limpar o seu nome. Como?

Está tudo no álibi. Nesbit, que em breve irá fazer uma apresentação ao Conselho de Segurança DEFCON, irá mostrar para policiais e profissionais como os logs de jogos como World of Warcraft, juntamente com as características presentes em consoles como o Xbox 360, podem ser de grande ajuda para os investigadores policiais.

“Por exemplo, se alguém está tentando provar que um Supeito X estava executando um ataque contra um servidor de World of Warcraft, haverá registros para indicar esse fato no World of Warcraft”, diz ele. “Ou se alguém quiser se defender, eles podem dizer, ‘Whoa … Sr. Investigador pode verificar os logs, eu estava jogando Team Fortress 2 naquela hora.”

“Além disso, se você tiver um console de videogame é importante ter em mente que esta geração de consoles, e provavelmente as gerações subseqüentes, controlam sua sala de estar. Significa que um console de videogame não é apenas um brinquedo que funciona um cartucho de jogo ou CD / DVD. Estes dispositivos pode ser usados em sua rede doméstica, permitindo aos usuários armazenar tudo em: arquivos, fotos, filmes, o que você quiser.. . pode ser armazenado. E onde há dados, há informações que são de interesse para um investigador forense “.

“A idéia é que, tradicionalmente, na minha experiência, pelo menos, um investigador forense vai passar por cima deste tipo de provas. Tento apontar na apresentação que esta deve deixar de acontecer porque há uma riqueza de informações a ser recolhida, tanto em videogames e PCs “.