Share Button

Bryan Singer, diretor de vários filmes da franquia X-Men nos cinemas, comandará o piloto da nova série de TV dos mutantes, a cargo da Fox. Em recente entrevista para o Mashable, o cineasta que “alguns rostos conhecidos” irão aparecer – como os robôs Sentinelas!

Posso te dizer que é bem diferente de Legion [série derivada de X-Men], visualmente, e também bem diferente dos filmes de X-Men. Veremos rostos familiares, mas também personagens não tão familiares“, disse Singer sobre sua série dos X-Men.

Sobre crossovers entre a série e os futuros filmes da saga mutante, Singer afirma:

Teremos algum tipo de crossover, é tudo que eu realmente posso dizer. Eu entro e saio da franquia, mas estou envolvido nisso há cerca de 20 anos – eu assinei para esse negócio em 96! Eu acho que haverá crossovers mas a série será independente. É a coisa certa a fazer. O universo X-Men é tão grande quanto o resto do universo Marvel, então por que não?“, finalizou.

A série dos X-Men acompanhará dois pais comuns que descobrem que seus filhos possuem poderes mutantes. Forçados a fugir de um governo hostil, a família se junta com uma rede subterrânea de mutantes e deve lutar para sobreviver.

Matt Nix (Burn Notice) além de escrever o programa, também cuidará da produção executiva ao lado de Bryan Singer, Lauren Shuler Donner, Simon Kinberg, todos nomes ligados ao universo X-Men no cinema, juntamente com Jeph Loeb e Jim Chory, ambos da Marvel.
A 20th Century Fox Television e Marvel Television vão trabalhar juntas e coproduzir a série, que já recebeu sinal verde para a gravação de um episódio piloto e segue sem previsão de estreia.

Já “Legion“, série derivada de X-Men focada no filho do Professor Xavier, tem estreia prevista para o dia 8 de fevereiro no canal FX.