GamesNotíciasr7

Xbox recusou acordo com a Marvel, permitindo que a Sony obtivesse exclusividade de Spider-Man

O chefe da Marvel Games revelou detalhes sobre como a Xbox recusou uma oportunidade de fazer jogos licenciados da Marvel, pouco tempo antes da Sony fechar um acordo que permitiu desenvolver Spider-Man para PS4.

A informação foi publicada no livro The Ultimate History of Video Games Vol. 2 (via ResetEra). Nele o vice-presidente executivo e chefe da Marvel Games, Jay Ong, explica como a empresa colocou um ponto final no seu acordo com a Activision em busca de uma parceria melhor.

Ong disse que a Marvel Games não estava satisfeita com a qualidade dos jogos do Spider-Man lançados pela Activision, então as duas empresas decidiram encerrar seu acordo antecipadamente e seguir caminhos separados.

O executivo revelou então que a Marvel procurou a Xbox e a PlayStation para ver se uma delas estaria interessada em formar uma parceria exclusiva.

A estratégia da Microsoft, segundo Ong, era focar em suas próprias IPs, portanto recusou a oferta. A Sony, por outro lado, foi mais receptiva, tendo oferecido em 2014 desenvolver um jogo AAA de Spider-Man exclusivo para PlayStation e entregou o projeto para a Insomniac, que na época ainda era independente, mas considerada “um dos parceiros mais importantes da Sony”.

O resultado foi Marvel’s Spider-Man para PS4, que já vendeu mais de 20 milhões de cópias desde o lançamento em 2018, seguido do spin-off de sucesso Miles Morales e da já anunciada sequência Marvel’s Spider-Man 2, que sairá em 2023 para PS5.

Via VGC

Artigos relacionados