Share Button

A Microsoft confirmou que o Xbox Series S não rodará as versões Xbox One X Enhanced dos jogos retrocompatíveis, mas sim as versões de Xbox One S dos jogos para Xbox One e Xbox 360 com outros benefícios.

Conforme relatado pelo site VGC, no Xbox Series S os jogos de Xbox One e Xbox 360 terão “filtragem de textura aprimorada, taxa de quadros maior e mais consistente, tempos de carregamento mais rápidos e HDR automático”.

“Xbox Series S foi feito para ser o console next-gen mais acessível e irá rodar jogos da próxima geração em 1440p e 60 fps,” disse um porta-voz da Microsoft. “Para entregar a experiência de retrocompatibilidade de maior qualidade, consistente com a intenção original do desenvolvedor, Xbox Series S roda a versão do Xbox One S de jogos retrocompatíveis enquanto aplica filtragem de textura aprimorada, taxa de quadros maior e mais consistente, tempos de carregamento mais rápidos e HDR automático”.

Isso quer dizer que se você quiser jogar aproveitar as resoluções maiores, taxa de quadros elevadíssimas e/ou texturas melhoradas dos jogos com o selo Xbox One X Enhanced, só poderá fazê-lo no Xbox Series X.

Isso não é uma surpresa, já que o Xbox One X pode rodar jogos em até 4K, enquanto o Series S suporta 1440p e até 120 fps. Entretanto, o Series S suporta upscaling 4K para jogos.

O Xbox Series S também vem com menos RAM do que o Xbox One X (10GB vs 12GB), mas de acordo com a Digital Foundry, por possuir uma GPU muito melhor será possível ver melhorias de performance nos jogos retrocompatíveis de Xbox One, significando que um jogo que rode mal no Xbox One S, rodará melhor no Series S.

Além disso, o Xbox Series S tem Ray Tracing, taxa de shading variável, taxa de atualização de tela variável e uma CPU mais rápida.

Xbox Series S chega no dia 10 de novembro por US$ 299. Na mesma data, também será lançado o Xbox Series X, por US$ 499.

Via IGN