GamesNotíciasr7

Yuji Naka abriu ação judicial contra a Square Enix após ser removido do cargo de diretor de Balan Wonderworld

O designer, produtor, diretor e programador, Yuji Naka, que trabalhou em franquias consagradas como Sonic the Hedgehog, Phantasy Star e Nights into Dreams, disse no Twitter que abriu uma ação judicial contra a Square Enix por causa de Balan Wonderworld.

De acordo com Naka, ele foi removido do projeto. Seis meses antes do jogo ser lançado, uma ordem foi emitida para que ele fosse retirado do cargo de diretor, o que levou ele a fazer a ação judicial. O julgamento já foi concluído, mas ainda não sabemos os detalhes a respeito do veredito.

Falando sobre a situação, Naka questionou o comprometimento da Square Enix e da desenvolvedora Arzest com seus fãs e a qualidade dos jogos. Ele também pediu desculpas pelo estado em que Balan Wonderworld se encontra, falando inclusive que o jogo foi lançado “inacabado”.

Segundo Naka, ele tinha um relacionamento conturbado com a Arzest, pois queria melhorar o jogo. No entanto, não era ele quem decidia o cronograma de desenvolvimento. O produtor Noriyoshi Fujimoto é quem cuidava disso e decidiu lançar o jogo mesmo com os problemas que muitos dos jogadores viram assim que puderam jogar.

Naka ressaltou a importância de melhorar a qualidade do jogo até o último minuto. Ele apontou em como fizeram isso no primeiro Sonic the Hedgehog, onde a equipe mudou o sistema de jogabilidade duas semanas antes do jogo ficar pronto, permitindo que os jogadores não morressem enquanto tivessem pelo menos um anel.

Via Nibel e NintendoEverything

Artigos relacionados