Share Button

Jogos de cartas colecionáveis podem parecer pura brincadeira de criança a primeira vista, entretanto, construir um baralho adequado pode chegar a consumir uma pequena fortuna!

E algumas cartas disputadas pelos colecionadores mais assíduos podem custar uma fortuna por si só, confira:

Cyber-Stein

Cyber-Stein (com o número de série SJC-EN001) foi a carta-prêmio do primeiro campeonato de Yu-Gi-Oh! Organizado pela revista japonesa Shonen Jump, em 2004. Inúmeras cópias podem ser encontradas hoje, mas com o número de série oficial do campeonato são pouquíssimas e seu valor se destaca entre as similares, por também se tratar de uma carta exclusiva de premiação. O pequeno pedaço de papel já chegou a custar o equivalente a R$13.544,40 em sua época de ouro.

Armament of the Lethal Lords

Outra carta distribuída apenas em um campeonato oficial, o Yu-Gi-Oh! World Championship de 2006, e se manteve como objeto de lendas desde essa época. No período de sua valorização, a carta chegou a ser ofertada por mais de 1 milhão de dólares no site Ebay, até então recebendo o título de carta mais cara já colocada à venda. No entanto, sem compradores para essa faixa, seu preço de negociação se estabeleceu em $9000,00 ou R$40,628,33.

Blue-Eyes Ultimate Dragon (autografado)

A carta é a única de seu tipo, oferecida como prêmio no torneio Asian Championship Series de Yu-Gi-Oh!, o que ajuda a justificar seu preço, mas além disso, ela acompanha um painel autografado por Kazuki Takahashi, que é ninguém menos que o criador de Yu-Gi-Oh!. O antigo dono tentou vende-la, aparentemente por brincadeira, por 99,9 bilhões de yenes, o equivalente a $894.960.000. “surpreendentemente” não houveram compradores e desde 2018 esteve disposta em Tokyo por 45 milhões de yenes, ou pouco mais de $418000, equivalentes a R$1.886.960,00.

Black luster soldier (prêmio do torneio de 1999)

O Blue-Eyes Ultimate Dragon com autógrafo ainda está longe de ter sido a carta mais cara já negociada, o lugar de número 1 vai para essa outra versão única, o Black Luster Soldier oferecido como premio no primeiro torneio existente do card game, em 1999. Em 2013 a carta foi oferecida num site de leilões específico para esse tipo de material e o vendedor inicialmente pediu 998 milhões de yenes, cerca de 10 milhões de dólares. Acabou sendo vendida pela “menos expressiva” importância de 2 milhões de dólares, hoje equivalentes a R$9.028.518,00. Mesmo não podendo ser usada em jogo, a carta foi impressa em aço inoxidável e também garante sua exclusividade por ser o único produto oficial produzido dessa forma e se definindo como a coroa de qualquer colecionador aficionado pelo jogo!

Então, o que faria caso ganhe um sorteio na Mega Sena, na estrangeira SuperEnalotto e outras? Uma ilha particular, uma mansão, uma Ferrari ou pode até garantir uma carta única promocional deste TCG mundialmente famoso… Mas lembre que é uma troca equivalente pelo quase mesmo preço. Você teria coragem?