Share Button

Hoje trazemos um vídeo do canal Planeta Sonic, fazendo parte do quadro “Especial”. O vídeo sobre todos os jogos do Sonic foi um pedido de Romulo Cavalcante, padrinho do Planeta Sonic.

Você pode ver mais vídeos no Youtube e apoiar o Planeta Sonic através deste link!

Quem é o pai do Sonic?

Yuji Naka nasceu em 17 de Setembro de 1965 em Osaka no Japão. Ele é um dos criadores da Sonic Team, e foi o programador do primeiro game do Sonic para o antigo Mega Drive, e por isso o título de “pai de Sonic”, apesar do desenho do ouriço ser obra de Naoto Oshima. Naka não possui mais relação com a Sonic Team, e tem um estúdio independente chamado “Prope”

Sonhando em ser programador

Aos 17 anos, Yuji Naka sendo um grande fã de videogames e arcades decidiu que gostaria de trabalhar como programador, porém, ele não quis entrar na universidade para não se afastar da cidade natal. Ele eventualmente bate nas portas da Namco, sua empresa de games favorita na época, mas lá só aceitavam programadores que tivessem ensino superior completo, e portanto foi rejeitado pela empresa.

Começando na SEGA

Em 1983, Naka leu num artigo de jornal que a Sega precisava de assistentes de programação, e decidiu correr atrás da empresa. Depois de uma rápida entrevista, Naka precisava passar num teste: auxiliar na programação de um game chamado “Girls Garden” para o SG-1000, um protótipo do que viria a ser o Master System. Com o relativo sucesso do game no mercado japonês, o presidente da SEGA ficou satisfeito com o trabalho do jovem programador, e decidiu contratá-lo definitivamente.

Seu primeiro trabalho de grande sucesso mundial foi no primeiro Phantasy Star para Master System, onde ele trabalhou como programador das dungeons que simulavam um efeito 3D, algo muito bonito para a época, explorando com inteligência a capacidade do console precário. Nessa época ele era creditado como YU2.

Os últimos games e a despedida da Sega

A Sega sempre priorizou que Yuji Naka trabalhasse na série Sonic, e assim ele o fez até 2006, depois de Sonic Heroes e Shadow the Hedgehog, “abandonando o barco” quando o jogo Sonic The Hedgehog para Xbox 360 e Playstation 3 estava sendo produzido. Mas o que leva alguém com uma forte franquia e um alto cargo numa grande empresa a sair? Qual era a insatisfação de Yuji Naka?

“(…) Como criador, quando você alcança certo ponto, você toma uma posição mais de gerenciador, e passa a deixar de criar os jogos você mesmo. Acho que é por isso que pessoas como eu e Mizugichi-San saem para fundar suas próprias companias. Pessoas como nós acabam agindo “contra” o antigo empregador, quase como um rival, mas eu não tinha essa intenção com a Sega, e por isso mantenho uma forte relação com eles(…)”

Extraído da entrevista para o website “kikizo”

E foi assim que em 16 de Março de 2006, Yuji Naka funda a Prope, levando com ele 10 membros da Sonic Team, e “passando a tocha” da série Sonic para Takashi Ilzuka.

Um novo começo

Yuji Naka deixou bem claro que ele não pretende se envolver em games da Sega, incluindo a série Sonic e Nights. A intenção é criar jogos que utilizam elementos 2D e 3D simultâneamente, que sejam essencialmente simples, mas divertidos. A pequena empresa conta com 42 empregados atualmente.

Os primeiros títulos vieram para o Wii: Let´s Tap, que são inúmeros minigames que exigem que o jogador coloque o Wii Remote numa mesa e bata as mãos nela para jogar. Let´s Catch que foi lançado para download. Outro muito popular é Ivy the Kiwi? Lançado em Novembro de 2009 lançado para o Windows Phone e publicado pela Microsoft. Algum tempo depois fizeram um port para o WiiWare e o DSiWare.

Curiosidades:

Naka é um dos raros game designers que sabe falar inglês fluentemente.

O código de seleção de fases de Sonic 2 é a data do aniversário de Yuji Naka (19 65 09 17).

No jogo Shadow The Hedgehog seu nome é citado por um dos soldados da Westopolis.

Ele ainda faz uma pequena participação no jogo de futebol Virtua Striker 3 para arcades.