Share Button

Sendo mais um escândalo na lista recente do Google e do Youtube, desta vez o criador de conteúdos intitulado como “MattsWhatItIs” descobriu que muitos vídeos apresentando crianças em posições sugestivas sexualmente estão sendo monetizados com propagandas “pre-roll” (antes do vídeo iniciar) de “Fortnite“.

Obviamente, a Epic Games não está envolvida diretamente em uma situação são absurda; contudo, assim que a empresa tomou conhecimento sobre uso do seu produto por predadores sexuais, tomou medidas rápidas para evitar problemas adicionais.

As peças comerciais em questão foram removidas, e para evitar situações similares repetindo-se futuramente, estão criando novas estratégias para proteger os seus consumidores, assim como crianças inocentes em geral.

De toda forma, só o tempo dirá se a Epic Games irá tomar as medidas adequadas para evitar que casos absurdos, como este, voltem a acontecer.