Share Button

Parece coisa de histórias em quadrinhos. “Homem-Aranha” e “Flash” se uniram para apagar um incêndio criminoso na cidade de Boa Esperança, no sul de Minas Gerais. As informações são do site UOL.

Os heróis da “Carreta Mundo Mágico“, que rodam o município dando piruetas e dançando há cerca de 12 anos, não hesitaram ao ver uma casa em chamas e, mesmo fantasiados, conseguiram evitar que toda a residência fosse consumida pelas chamas.

O incêndio foi provocado por um homem de 54 anos, que surtou e ateou fogo em sua casa, onde estavam sua filha e neta, e só não terminou em tragédia porque Flash (Aurélio Venâncio Moreira, 19), Homem Aranha (Alisson Venâncio Moreira, 21) e o motorista que conduzia os dois personagens, Cristiano de Freitas, 36, entraram em ação.

Avistei o fogo, parei o caminhão, o segurança conteve cerca de 30 pessoas que estavam no passeio, algumas crianças, e corremos para ajudar“, diz Freitas.

A gente foi correndo, eu peguei o extintor, corri para o rumo da casa, estourei o lacre do extintor e entreguei o extintor para ele (Homem Aranha) que tem mais experiência e já começamos a combater o incêndio“, diz Flash.

O Flash pegou o extintor do caminhão, mas ele não foi capaz de conter as chamas, que estavam muito altas“, afirma o Homem Aranha. “Aí, eu e o motorista ligamos a mangueira de uma torneira no quintal“, diz.

Os super-heróis e o motorista salvaram, além de diversos móveis da família, sobretudo dos quartos e cozinha, uma motocicleta nova que estava na entrada da residência.

Na sala de visita não sobrou nada. Era só fumaça. Lá tinha sofá, tapete, cortina, muita coisa inflamável“.

O homem que botou fogo na casa está preso e não há informações sobre a motivação do crime. Ninguém ficou ferido.