Share Button

“Isso é da Nintendo, vou comprar. Eu sei que vou comprar. Podem falar muita besteira, mas eles [os jogadores] também vão comprá-lo“, foi com essas palavras que Cliff Bleszinski, criador de “Gears of War” respondeu ao site IndustryGamers quanto as suas impressões com o Wii U, vindouro console doméstico da Big N.

O console, apresentado durante a E3 2011 chamou a atenção de Cliff B., principalmente sobre a opção de transferir a imagem do televisor para a tela do controle.

Pelo que vi, parece muito legal. Parece que você pode transmitir o jogo da televisão diretamente para o seu controle. Então, se você tem intestino solto ou uma bexiga diminuta pode até terminar o jogo no banheiro, isso é ótimo“.

Completando, o desenvolvedor da Epic ainda cita a capacidade da Nintendo em evoluir hardwares do passado e reciclá-los em diferentes épocas. “Para aqueles que dizem ‘ah, é apenas um Dreamcast’, cara, o que é velho é novo, às vezes. Voltando aos tempos do NES, a Power Glove nos levou ao Wii e o Virtual Boy nos levou ao 3DS, certo? Muitas dessas tecnologias antigas já esquecidas fizeram isso. O Kinect é uma webcam sofisticada, não é”?

Se Cliff B. certamente terá um Wii U em sua casa, certeza semelhante não se pode ter quanto ao suporte que sua produtora, a Epic, dará ao console da Nintendo. Até o momento, nenhum jogo do estúdio foi anunciado para o sistema.

Com as mãos no jogo

O Wii U é o novo videogame da Nintendo e de acordo com as primeiras informações, o novo console permite que o jogador inicie uma partida no televisor e a continue na tela do controle – que é grande, diga-se de passagem, e ocupa boa parte do acessório.

Além disso, ele também conta com uma câmera que pode interagir com alguns jogos e é uma tela de toque, similar à do Nintendo DS, PlayStation Vita e os recentes tablets – como o iPad – possibilitando diversos tipos de interação.

Preço e data de lançamento exata não foram revelados, mas a Nintendo planeja lançar o console em 2012.