Share Button

Tomb Raider: A Origem” estreia nesta quinta-feira (15) nos cinemas brasileiros, e enquanto muitos fãs estão com a expectativa alta, o filme dividiu a opinião da crítica internacional. Neste momento o reboot estrelando Alicia Vikander e dirigido por Roar Uthaug está com 51% de aprovação no portal Rotten Tomatoes, baseada em 109 críticas, sendo 56 positivas e 53 negativas. No também agregador de críticas Metacritic a média é de 47/100, baseada em 36 avaliações.

Confira abaixo alguns comentários dos principais sites especializados:

Positivos

O filme está cheio de ação com balanço-de-cipós,-arco-e-flecha,-de-ação-antiga-encontra-o-novo, mas a maioria é encenada em uma escala humana convincente, que foi habilmente adaptada à franqueza discreta de sua estrela – Variety

O que faz a interpretação de Vikander funcionar é que este Tomb Raider, novo e melhorado, foi concebido como uma história de origem básica e uma reviravolta sobre uma personagem com uma história representacional complicada – Los Angeles Times

Parece inevitável que Lara volte para mais; mas da próxima vez, talvez tudo pareça se sentir um pouco mais como seu próprio filme – IndieWire

Vikander desempenha sua ação com uma fisicalidade que transcende a maioria das estrelas de ação, dando a Tomb Raider uma vantagem dentro do gênero – Den of Geek

Embora divertido no momento e com ritmo acelerado, Tomb Raider nunca supera a sensação de assistir no videogame ao invés de jogar – ScreenRant

Negativos

Lara Croft é na verdade a pior coisa em seu próprio filme – Digital Spy

Alicia Vikander joga-se no papel chutador de bundas desempenhado duas vezes por Angelina Jolie, mas a história derivada e os personagens de suporte são de filmes da década de 1930 – The Hollywood Reporter

Tomb Raider não consegue desenvolver personagens ou motivações interessantes, mas pelo menos oferece aos espectadores alguma ação divertida – IGN Movies

Uma personagem tão interessante merece mais do que uma franquia de ação ordinária, mas quase 40 anos após Indiana Jones e Os Caçadores da Arca Perdida ainda estamos recebendo poços, espinhos, aranhas e cobras – TheWrap

Esta Lara é robusta e destemida, com uma mente própria. Isso é bom de ver, mas o que isso importa em um filme que é aborrecido quando não é inexplicável e está cheio de diálogos ruins e efeitos especiais horríveis? – Washington Post