Share Button

Disponível inicialmente apenas para PS4, Crash Bandicoot N. Sane Trilogy ganhou recentemente versões para PC, Switch e Xbox One, às quais foram comparadas pela Digital Foundry.

De acordo com os testes feitos pelo site, jogar o game no computador é inquestionavelmente a melhor opção, já que é possível rodá-lo em 1080p e 60 fps usando até mesmo processadores pouco poderosos, como o Athlon X4 5370, usado nos testes, e placas de vídeo de baixo custo, como a GeForce GTX 960 ou a 1050Ti, que apresentam poder de fogo similar.

Na verdade, o fato da utilização do processador ser tão baixo em Crash Bandicoot N. Sane Trilogy levou a Digital Foundry a indagar qual seria a razão do jogo não conseguir alcançar 60 fps no PS4 Pro e Xbox One X, algo que esperam que a desenvolvedora Vicarious Visions considere para o futuro.

Como era de se imaginar, jogar no Switch é a pior maneira de aproveitar o game, não apenas nos gráficos mas também na jogabilidade.

O jogo roda em 720p estando na base e em 853×480 no modo portátil, apresentando texturas e efeitos piorados com relação às outras versões.

O maior revés no entanto não está no visual, mas nos controles. A latência nos comandos é maior no Switch, seja usando o Pro Controller ou os Joy-Con, onde o problema aparentemente fica ainda mais grave segundo a Digital Foundry. Esse tempo de resposta aumentado ocasiona uma dificuldade maior para controlar o personagem se comparado com fazer isso no PC, PS4 ou Xbox One. Fica a esperança para que este defeito seja arrumado futuramente por meio de uma atualização.

A análise técnica completa de Crash Bandicoot N. Sane Trilog da Digital Foundry pode ser vista abaixo ou neste link.