Share Button

A desenvolvedora Sledgehammer Games está muito confiante com Call of Duty: WWII. O jogo promete ser bastante fiel aos acontecimentos da Segunda Guerra Mundial, incluindo até mesmo uma abordagem ao Holocausto.

A informação foi dita pelo Diretor Criativo, Bret Robbins, dizendo que o estúdio não quis se afastar da realidade da 2ª Guerra e portanto o Holocausto não foi ignorado.

“Nós com certeza mostramos atrocidades,” disse Robbins. “É uma parte infeliz da história, mas você não pode contar uma história autêntica, verídica, sem isso. Então foi o que fizemos.”

Ele fez uma referência ao episódio “Why We Fight” da série Band of Brothers (Irmãos de Guerra, no Brasil), na qual um esquadrão, sem ter real ciência da extensão das atrocidades cometidas pelos nazistas, encontra seu primeiro campo de concentração.

Será que os jogadores participarão de uma missão na qual deverão libertar os prisioneiros de um destes campos?

Call of Duty: WWII sai no dia 3 de novembro para PS4, Xbox One e PC.

Via Mashable