Share Button

Quando a série Cobra Kai foi anunciada como um produto pago do YouTube, muitos não sabiam o que esperar. Sendo uma continuação direta do terceiro Karate Kid, que contava a história do Mestre Miyagi (Pat Morita) e do seu aluno, Daniel Larusso (Ralph Macchio), o enredo continua com o conto de Johnny Lawrence (William Zabka) enquanto ele tenta se redimir pelos erros do passado.

Daniel, agora um empresário bem-sucedido, ainda convive com a fama que conquistou ao obter êxito nos primeiros filmes da franquia. Já sem o seu velho mestre, o agora veterano tenta fazer o seu melhor para direcionar corretamente tanto uma nova geração quanto a sua própria filha.

Johnny, por sua vez, ressentido pelo sucesso do seu antigo rival e do seu fracasso em várias empreitadas da vida, decide reviver o seu antigo e execrado Dojo, Cobra Kai, para assim tentar conquistar novos alunos e reconquistar as glórias quase esquecidas de outrora.

Spoilers a parte, a primeira temporada já está disponível, há tempos, para quem tiver interesse. A novidade, desta vez, é que a segunda etapa do conto de superação está para começar.

Confira o trailer:

Com novos e antigos rostos, sem tentar reinventar a fórmula que deu certo primeiramente, os produtores objetivam expandir ainda mais os assuntos propostos anteriormente. E, para quem já acompanhou a primeira fase da série, sabe que, após o término agridoce, muito ainda tem que ser resolvido nesta nova etapa.

O conteúdo pode ser acessado integralmente por meio do YouTube Premium, seção paga da plataforma de vídeos que, por meio da monetização, permite a criação de produtos originais – como este. O primeiro mês é gratuito; contudo, a partir do segundo, será cobrado R$20,90 mensalmente pelo acesso privilegiado ao segmento intitulado como “YouTube Originals” – no qual, entre outras séries, também engloba Cobra Kai.

A estreia integral da segunda temporada será no dia 24 de abril. Até lá, os dois primeiros episódios serão transmitidos em algumas feiras, ao redor do mundo, focadas na cultura pop.