GamesNotícias

Estúdios de System Shock e The Fabled Woods elogiam integração do DLSS com a Unreal Engine

Share Button

A Nvidia recentemente anunciou a integração do DLSS com a Unreal Engine por meio de um plugin, o que torna mais fácil aos desenvolvedores integrar a tecnologia nos jogos, aumentando muito a performance nas placas GeForce RTX.

Os primeiros jogos que receberam isso foram The Fabled Woods e System Shock Demo, com o DLSS sendo implementado neles em apenas um ou dois dias. The Fabled Woods, que será lançado em 25 de março também com Ray Tracing nos reflexos, sombras e iluminação global, teve uma melhoria de performance de 1,6x em 4K, enquanto System Shock Demo, já disponível, roda em 4K e 120 FPS na maioria das placas GeForce RTX graças à tecnologia.

“Adicionar DLSS em The Fabled Woods foi fácil graças ao plugin Unreal Engine 4, e o impacto que isso causa no desempenho é substancial,” disse Joe Bauer, fundador da CyberPunch Studios. “O plugin realmente abre o DLSS para toda uma nova gama de desenvolvedores.”

“O plugin Unreal Engine 4 facilita muito o trabalho de adicionar DLSS. Na verdade, nós incluímos a tecnologia em um fim de semana”, disse Matthew Kenneally, engenheiro chefe do Night Dive Studios. “Trazer o System Shock para uma nova geração de jogadores foi um trabalho de amor para nossa equipe, e o impacto que a DLSS terá na experiência do jogador é inegável.”

Crysis Remastered ganhou o DLSS com um patch recente, e agora é possível obter um aumento de desempenho para melhorar ainda mais os gráficos.

Por último, a Nvidia anunciou também que Outriders, previsto para 1º de abril, também utiliza DLSS e será oferecido sem custo adicional na compra de laptops GeForce RTX. Basta comprar um dos produtos participantes até 15 de abril de 2021 para ganhar o jogo. O código deve ser resgatado até 28 de maio de 2021.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo