Share Button

Um jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive chamado Reece Bloom (25), ou “Bloominator”, foi banido por mil anos após trocar mensagens de teor sexual com uma garota de 15 anos.

O banimento foi aplicado pela ESEA (E-Sports Entertainment Association League). A razão oficial dada para isso foi “Atividade Maliciosa,” embora as condições específicas para o banimento envolvam uma série de chats entre Bloom e a garota menor de idade.

Os chats, que ainda estão disponíveis para visualização, mostram Bloom dizendo coisas como “Existe algo em ser capaz de influenciar mentes jovens”, “Alguns diriam que é estupro, mas nós dois sabemos que você quer” e também “Não sei se sou retardado ou apenas não ligo em ser pedófilo.” O jogador de Counter-Strike também enviou uma foto de seu pênis à garota.

Bloom pediu desculpas por suas ações no Twitter. Sua conta foi deletada após isso, mas uma cópia do pedido de desculpas ainda pode ser vista pelo cache do Google.

“Obviamente fui incrivelmente estúpido em fazer o que fiz e gostaria de me desculpar acima de tudo com a Armor Sports por arruinar uma ótima situação que eles tinham com a equipe de CS:GO nesta temporada.” Ele termina dizendo “Espero que as pessoas possam me perdoar, mas eu entendo se não fizerem isso.”

A ESEA informou ao site Kotaku Austrália que Bloom foi “banido devido por causa de suas interações com um membro da comunidade” e que “atitudes deste tipo não serão aceitas.”

Via G1