Share Button

Divulgação

A Sony alertou que vai precisar elevar os preços de seus consoles nos Estados Unidos se o governo de Donald Trump prosseguir com as sanções impostas contra a China, que afetariam diretamente a indústria de videogames. As informações são do The Wall Street Journal.

Os fabricantes contratados na China são os responsáveis pela maior parte da produção da linha PlayStation (assim como videogames da Microsoft e Nintendo também).

Acreditamos e, portanto, dissemos ao governo, que tarifas mais altas acabariam prejudicando a economia dos EUA“, disse o diretor financeiro da Sony, Hiroki Totoki, na terça-feira (30).

O governo Trump, que elevou as tarifas de 10% para 25% em US$ 200 bilhões em mercadorias chinesas em maio deste ano, agora ameaça aumentar as tarifas para mais US$ 300 bilhões em exportações chinesas, incluindo consoles de videogame.

Portanto, esse aumento nas tarifas seria refletido no aumento do custo de produção para os consumidores.

Os Estados Unidos e a China estão retomando as negociações esta semana para resolver seu conflito comercial.

No mês passado Sony, Microsoft e Nintendo enviaram uma carta aberta ao escritório do representante comercial dos EUA contra o aumento das tarifas.

Estados Unidos e China travam uma guerra comercial desde o ano passado, com o presidente americano, Donald Trump, anunciando tarifas sobre as importações chinesas e a todos os produtos do país asiático.