Share Button

Cansado dos preços abusivos dos jogos de videogames por causa dos altos impostos? Por causa dos valores abusivos a comunidade brasileira não pode contribuir de forma mais relevante para a indústria de games, ficamos “esquecidos” aqui por causa do aumento da pirataria. Mas isso pode mudar.

Conheça o projeto Jogo Justo, iniciado pelo colecionador de videogames Moacyr Alves Jr, formado em administração e bacharel em contabilidade. Com o seu projeto, Moacyr luta pela redução dos impostos dos games no Brasil. O projeto cresceu e está ficando mais popular, já chamando inclusive a atenção  do Deputado Federal Luiz Carlos Busato, um dos vice-líderes do governo na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Hoje o projeto ganhou repercussão internacional e conta com o apoio de grandes nomes da indústria e comércio, como a Konami, responsável por inúmeros games de sucesso como as franquias Castlevania e Metal Gear Solid; a Walmart, a gigante no setor de varejo que atua em 11 países e a rede de lojas brasileira Ponto Frio, também dão sua colaboração ao projeto Jogo Justo.

Para se ter ideia da força que o projeto ganhou, ele pode ser encontrado nos Trending Topics do Twitter (uma lista de tempo real da quantidade de nomes postados no Twitter), aparecendo a princípio na lista de tópicos brasileiros, mas também nos tópicos mundiais (agora saiu, o Stallone desbancou, vamos colocar de volta galera!).

Se você tem Twitter, ajude o projeto twittando #jogojusto para os seus seguidores. E aproveitando, quem quiser me dá um follow.