Share Button

Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos” não foi exatamente um sucesso de bilheteria e até hoje uma sequência segue sendo uma dúvida, mas o diretor Duncan Jones revelou que já tem ideias para um segundo e terceiro filme.

Este primeiro filme é sobre estabelecer o mundo, e mostrar Durotan ajudando seu filho a escapar de um planeta moribundo. Então, para mim, a ideia ao longo de três filmes seria para Thrall cumprir essa visão de Durotan para criar uma nova pátria para os Orcs“, explicou (via Collider).

Então, para o segundo longa, Jones pretende seguir o crescimento do bebê do primeiro filme. “Seria o ano adolescente desse bebê, e qualquer um que conheça suas histórias do Warcraft saberia que é uma história de Spartacus que continua com esse personagem. Eu basicamente seguiria isso“, afirmou o cineasta, sem saber ainda como seria a trama no lado humano da história.

E com o lado humano, o que é um pouco menos claro de como isso aconteceria, mas basicamente, há um rescaldo para esse filme que precisaria ser completado. E no lado Orc você está seguindo muito o bebê, Go’el, conhecido como Thrall no universo, e como ele finalmente cria a pátria Orc“, encerrou.

Até o momento a Universal não anunciou nenhum plano para uma sequência. O primeiro filme arrecadou US$ 433,6 milhões pelo mundo, um número abaixo do esperado pelo estúdio. O que salvou a produção do fracasso foi o seu enorme sucesso na China, onde arrecadou mais de US$ 213 milhões – nos EUA conquistou apenas US$ 47 milhões.