AnálisesGames

Análise | Cotton Fantasy mantém toda a essência fofa e colorida da série clássica

Cotton é uma série clássica de shoot ‘em up que estreou em 1991 nos fliperamas japoneses, onde o jogador assume o controle de uma jovem bruxinha, que ao lado de suas companheiras fadas, sai em sua vassoura em uma missão para derrotar vários monstros e coletar um doce chamado Willow.

Até 2003 sete jogos foram lançados, o que ajudou a popularizar o subgênero “cute ‘em up“, ou seja, jogos de tiro fofinhos – ao invés das típicas naves espaciais e campos de batalhas tradicionais, os jogos se passam em ambientes coloridos e cartoonizados.

Após um hiato de quase 20 anos, a série retorna com força total com o jogo Cotton Fantasy: Superlative Night Dreams, com versões lançadas para os sistemas PlayStation 4 e Nintendo Switch (com a promessa de versões para PC e arcade futuramente).

Veja o que esperar do game em nossa análise completa.

Bruxinhas e um reino mágico colorido

Algo sinistro está fazendo com que os doces Willows desapareceram do País das Fadas, o que faz que a fadinha Silk busque a ajuda da bruxa Cotton, que possui um desejo insaciável pelos doces, para ajudar a descobrir o que está acontecendo e embarcar em outra aventura juntas.

Além de Cotton, o jogador pode escolher inicialmente entre outras cinco bruxinhas (há uma outra secreta para ser desbloqueada), cada qual com um estilo de tiros e ataques especiais diferentes, por isso é importante que você jogue com todas para ver qual se adapta melhor ao seu estilo de jogo.

O gameplay de Cotton Fantasy é muito parecido com os jogos anteriores da série, com os tradicionais estágios de rolagem lateral 2D, mas também com níveis de rolagem vertical e de visão atrás das bruxinhas nos estágios bônus.

As primeiras seis fases do jogo podem ser jogadas em qualquer ordem, sendo as duas últimas fases fixas. Além dos estágios regulares, o jogador pode desbloquear um nível de homenagem especial para cada uma das personagens simplesmente finalizando o jogo, totalizando assim 16 estágios diferentes disponíveis.

Certamente o que chama atenção no game são os design artísticos de cada cenário, que são bem variados, animados e coloridos, passando por florestas, castelos, ruínas, cavernas e inclusive no espaço. Os inimigos também contam com designs bem inspirados, sejam eles animais ou máquinas, com destaque para os chefões, que são bem grandões na tela.

O game possui uma boa dose de desafio, mesmo no nível normal (o mais baixo), com centenas de tiros, inimigos e itens pipocando na tela, podendo ser implacável em alguns momentos e que pode confundir jogadores que não sejam tão atentos ou que não estão acostumados com jogos desse gênero.

Mas infelizmente nem tudo são flores em Cotton Fantasy, sendo que os seus estágios são bem curtos, com uma partida completa podendo ser finalizada em menos de uma hora.

Temos algumas cutscenes entre uma fase e outra que são bem engraçadinhas, mas o problema é que todas elas são iguais, do ponto de vista de Cotton, independente de qual personagem você esteja usando. Se cada bruxinha tivesse uma história diferente, seria mais agradável jogar o game novamente, já que os estágios são os mesmos para todas as personagens.

Por ser um jogo tão curto, o valor salgadíssimo de R$ 200,00, tanto no PS4 quanto no Switch, não se justifica, por isso aconselhamos que aguardem uma boa promoção para realmente comprar o game.

Conclusão

Cotton Fantasy: Superlative Night Dreams é um jogo que mantém toda a essência shoot ‘em up fofinho e colorido pela qual a série ficou conhecida no passado, sem trazer grandes inovações. Se você gosta do gênero, certamente vai se divertir com as bruxinhas e estágios de Cotton Fantasy.

Prós

  • Gameplay clássico com boa resposta
  • Boa variedade de personagens jogáveis
  • Boa trilha sonora
  • Apresentação e visuais super fofos e agradáveis

Contras

  • Estágios curtos
  • Falta de cutscenes para cada personagem
  • Sem localização para o português
  • Poderia ter mais conteúdo extra
  • Preço de lançamento salgado

Nota: 8.0/10.0

Márcio Pacheco

Márcio Alexsandro Pacheco - Jornalista de games, cultura pop e nerdices em geral. Me add nas redes sociais (links abaixo):

Artigos relacionados