CuriosidadesTops

Cinco jogos ótimos com visuais em anime (não tem Dragon Ball e nem Naruto)

Jogos com visuais em anime existem “aos montes”, considerando que boa parte dos games vem do Japão desde os primórdios, com o Nintendinho e o Master System. Como fãs de games geralmente também curtem animes, decidimos fazer esta lista com cinco jogos com este tipo de visual que são muito bons.

1 . Doki Doki Literature Club

O gênero Visual Novel é muito famoso no oriente, mas nunca “pegou” com a mesma força pelos “lados de cá”, talvez pela pouca interatividade e a grande ênfase na história, que para muitos pode soar bem tedioso.Como toda regra tem exceção, o Doki Doki Literature Club fez bastante sucesso entre nós.

Se iniciando com uma história bem leve e parecendo um simulador de encontros, o jogo vai tendo uma atmosfera cada vez mais “dark” até se transformar em um jogo de terror psicológico, com reviravoltas bem impressionantes e momentos que “chocam” o jogador. Ao longo da trama é possível derramar litros de lágrimas. Some isso a personagens carismáticos, trilha sonora de excelência e um roteiro muito bem escrito, e temos dos melhores jogos “animes” dos últimos tempos.

2 . Nine Hours, Nine Persons, Nine Doors

Esse também é um visual novel que caiu no gosto do público ocidental, sendo um dos primeiros a fazê-lo e acabou rendendo uma série chamada Zero Escape. Lançado inicialmente para o Nintendo DS, hoje em dia há conversões para iOS, Windows, PlayStation 4 e Vita.

Com uma trama complexa e igualmente envolvente, o “999” é daqueles games que se você não prestar atenção você não entende nada, mas a história é tão interessante que dá vontade de pesquisar e rever as coisas. Além da excelência na narrativa, conta também com enigmas lógicos, personagens carismáticos e vários finais. O ponto negativo é que o final “verdadeiro” é um bem desafiador e isso pode ser um pouco desestimulante nessas épocas em que o YouTube reina. No fim das contas, é um clássico.

3. Ni No Kuni: Wrath of the White Witch

Uma lista com jogos que tenha visuais em animes tinha que ter um jogo de Ni No Kuni. O primeiro da série foi o escolhido por ter iniciado a franquia, mas qualquer jogo é excelente.

Ni no Kuni ganhou notoriedade por ser feito pela Level-5 em parceria com o estúdio Ghibli, com direito aos traços de anime característicos que vimos em filmes como A Viagem De Chihiro e Túmulo dos Vagalumes. Ele usa o sistema de jogabilidade de RPG japonês típico dos jogos antigos do gênero, onde você deve comprar equipamentos na cidade, explorar um mapa do mundo, entrar em cavernas etc. As batalhas são uma mescla de turno com movimentações em tempo real, se assemelhando ao Final Fantasy XII. Bom em tudo, é um game criativo, bonito e infantil sem ser “careta”. Clássico instantâneo.

Vale lembrar que há um anime baseado neste universo disponível no Netflix.

4 . Astro Boy: Omega Factor

Desenvolvido pela Treasure e publicado pela SEGA para o GameBoy Advance, o Astro Boy: Omega Factor veio para promover o anime homônimo e faz um bom trabalho em entregar uma experiência divertida.

Do gênero beat´em´up, ele tem todos os elementos que caracterizam os jogos do estúdio: é frenético, com direito a um monte de explosões, inimigos gigantes, tudo muito bem animado e bem feito. É a mescla perfeita entre o universo do Astro Boy com os jogos da Treasure.

5. Closers Online

Closers Online é um MMORPG de ação com elementos de hack and slash gratuito no Steam excelente para jogadores casuais. Apesar de ter uma história clichê e não apresentar muitas novidades para o gênero, ele tem bons gráficos, boa movimentação e é fácil de entender. O melhor é que ele não entra no “pay-to-win”, e ainda é leve, funcionando bem em computadores mais modestos. Recomendado!

Artigos relacionados