Share Button

A última edição da revista Weekly Famitsu tem uma entrevista com o diretor de Final Fantasy XV, Hajime Tabata, na qual ele fala sobre as vendas, a satisfação dos fãs com o game, realidade virtual e até mesmo a possibilidade de uma versão para PC.

Tabata informou que várias cópias do jogo foram vendidas digitalmente e que estão felizes com o resultado. Sobre a opinião dos fãs a respeito de Final Fantasy XV, ele falou que houve muito feedback positivo e que no ocidente os “jogadores que colocam a história como prioridade máxima tem a mesma opinião daqueles no Japão (seu nível de satisfação está baixo).”

Ao ser perguntado se foram cortadas partes da história durante o desenvolvimento, Tabata respondeu que “não particularmente.” Ele não afirmou se haverá algum mecanismo para os jogadores poderem rejogar o Capítulo 13 depois que ele for atualizado, considerado pela maioria das pessoas que jogaram Final Fantasy XV como o pior momento do jogo, dizendo que “está pensando nessas coisas,” no que diz respeito ao modo em como esta parte do game será renovada.

Sobre o conteúdo para realidade virtual que está sendo desenvolvido, Tabata disse que ainda não chegaram em um ponto onde dá para dizer quando ele será lançado. Ele afirmou também que está “pensando em várias ideias” para melhorar o tempo de carregamento da viagem rápida.

Foi perguntado para Tabata se existem planos para aumentar o número de áreas do game. Em sua resposta ele mencionou o mapa que é usado durante a segunda metade do jogo onde o jogador está dentro de um trem e disse que abri-lo como uma área que você possa atravessar livremente é algo difícil.

“Nós podemos refazer áreas jogáveis em expansões futuras, mas como isso levaria um ano, não está atualmente em nossos planos,” disse Tabata. “Se fossemos preparar novos campos, Insomnia também seria uma candidata, mas isso também levaria um ano de trabalho.”

Encerrando a entrevista, Tabata comentou a respeito do lançamento de Final Fantasy XV no PC, dizendo que gostaria de trazer o jogo para a plataforma como um “esforço técnico.”

“Eu quero mostrar aos usuários de PC Final Fantasy XV rodando em máquinas de ponta, e pessoalmente eu gostaria de ver isso também. Adicionalmente, eu gostaria de tentar desenvolver no PC para buscar uma maneira única de jogar com recursos exclusivos de PC como fazer suas próprias missões e aproveitar o mundo usando coisas como mods.”

Final Fantasy XV está atualmente disponível para PS4 e Xbox One.

Via Gematsu