GamesNotícias

Ex-chefe da PlayStation crê que jogos da Sony para PS5 terão custo de US$ 200 milhões

Shawn Layden, que exerceu diversos cargos executivos na PlayStation antes de sair de lá em outubro de 2019, disse à Bloomberg que o custo de desenvolvimento de jogos dobra com cada nova plataforma. O ex-chefe da PlayStation acredita que os jogos para PS5 feitos pela Sony custarão US$ 200 milhões para serem desenvolvidos.

O motivo para Layden dizer nisso é que o orçamento de todos os jogos para PS4 supervisionados por ele chegaram na casa dos US$ 100 milhões, sendo este um custo que não para de crescer.

As empresas grandes de jogos tentarão combater esse custo exponencial de desenvolvimento por meio de uma estratégia de “redução de risco”, sugeriu Layden, fazendo com que as distribuidoras AAA fiquem “incentivadas com relação a sequências”.

A Bloomberg aponta para distribuidoras que buscam tendências, com Layden dizendo: “O que acontece lá é que você acaba com três a quatro silos de jogos ou tipos de jogos que continuam a existir, e a variedade é reduzida.”

A Sony está trabalhando em diversas sequências de orçamento robusto para o PS5, embora atualmente a maioria sejam de títulos cross-gen que também têm uma versão para PS4. Eles incluem Horizon Forbidden West, Gran Turismo 7 e o próximo God of War.

Além disso, o Bend Studio, de Days Gone, está trabalhando em uma nova IP, e a Naughty Dog está supostamente trabalhando no remake de The Last of Us, além de um jogo multiplayer independente.

Deveremos saber mais detalhes sobre os próximos lançamento para PS5, incluindo algumas surpresas, no PlayStation Showcase 2021 que ocorrerá na quinta-feira (9).

Via Eurogamer

Artigos relacionados