Share Button

O anúncio do reboot da franquia Hellboy no último mês pegou muita gente de surpresa, e após muita lamentação por Guillermo Del Toro não poder terminar sua trilogia, os fãs parecem estar aceitando melhor o novo filme, que contará com Neil Marshall na direção e David Harbour (Stranger Things) no papel principal.

Batizado de “Hellboy: Rise of the Blood Queen“, o longa contará com uma classificação etária para maiores de 18 anos (os anteriores tinham classificação para 13 anos), o que ajudará em uma adaptação mais fiel aos quadrinhos, segundo revelou o cineasta em podecast ao site Post Mortem (via EW):

Nós obtivemos permissão para fazê-lo R-rated (classificação para maiores de 18, nos EUA), o que para mim é como tirar as algemas“, afirmou. “É como, ok, então agora podemos fazer o filme que queremos fazer“, comemorou.

Segundo o diretor, o sucesso de filmes como Deadpool e Logan ajudaram a facilitar a entrada de filme com classifiacação adulta: “Não é como se eu forçasse a ser avaliado em R-rated, mas se acontecer por esse caminho, só por minha própria sensibilidade, então está bem. E ninguém vai nos impedir. Então, essa é a principal diferença. E tenho certeza, obviamente, que o sucesso de coisas como Deadpool e Logan não prejudicaram essa causa. Mas, também, quando você volta ao material original, é meio sangrento, então vou abraçar isso“, analisou.

Ele também comentou que quer evitar os efeitos visuais e focar na prática.

Tudo será feito da forma mais prática possível. Eu amo filmar tudo isso sempre que possível, e usar computação gráfica para adicionar ou expandir o que precisa ser feito, mas não vamos substituir a realidade com efeitos uma vez que temos a chance de filmar tudo de verdade“, disse ele.

O novo Hellboy tem estreia prevista para 2018.