Share Button

Se você está acompanhando nossa fanpage, já sabe que há um beta fechado de Dissidia Final Fantasy NT para PS4 em andamento, o qual se encerrará no dia 3 de setembro. Como os Dissidias de PSP estão entre meus jogos favoritos do portátil, corri atrás e consegui acesso a este beta do novo game para conferir pessoalmente se ele está bom ou não.

A maior diferença que você percebe logo de cara ao começar a jogar é o foco nas lutas de 3v3. Inicialmente isso me intimidou um pouco, mas após algumas lutas me senti bastante confortável com essa escolha feita para o game. No beta é possível jogar com quatorze dos personagens que estarão disponíveis no jogo final e a maioria deles é bastante conhecida dos fãs de Final Fantasy, como Cloud (Final Fantasy VII), Squall (Final Fantasy VIII), Lightning (Final Fantasy XIII) e Terra (Final Fantasy VI). Isso também vale para os sete Summons que você pode selecionar.

Os personagens estão divididos em grupos de acordo com suas habilidades. Terra, por exemplo, usa magias e portanto é classificada como “Marksman” (Atiradora). Lightning executa ataques rápidos, sendo portanto uma “Assassin” (Assassina). Cloud tem golpes baseados na força bruta, então ele é um “Vanguard” (Vanguarda) e assim por diante. Os Summons só pode ser chamados após a equipe coletar cristais suficientes. O poder deles dá uma boa vantagem no combate, que consegue até mesmo mudar seu desfecho em determinadas situações.

Embora seja legal lutar contra a inteligência artificial para aprender os fundamentos da jogabilidade, explicados detalhadamente através de um tutorial e também em um guia oficial que apresenta os comandos dos golpes de cada personagem do beta, a parte mais interessante mesmo está em combater outros jogadores no multiplayer online.

Conforme dito no título da matéria, quando isso funciona é uma maravilha. Eu já devo ter investido umas 12 horas ou mais jogando esse beta, pois o gameplay está muito divertido para quem curte Dissidia. O problema é que uma boa parte desse tempo foi gasta esperando começar uma nova luta (chegou a demorar mais de 5 minutos algumas vezes), sendo desconectado no meio da batalha ou então jogando com lag tão intenso que faz o jogo engasgar e até mesmo congelar por alguns segundos.

Minha pobre Shantotto (Final Fantasy XI) foi derrotada um bom número de vezes por causa desse maldito lag que existe no beta fechado de Dissidia Final Fantasy NT. Atualmente estou no rank Silver D (você começa no Bronze E) e da mesma forma que você ganha experiência quando vence a luta, a perde se sofrer uma derrota. Então, sim, o lag frustra bastante nesse jogo.

“Ah, mas isso é um beta, problemas assim ocorrem mesmo nele.” Sim, um dos objetivos do beta é mostrar aos desenvolvedores como está o jogo. Mas o fato é que em betas de outros jogos que experimentei, como Quake Champions ou Call of Duty: WWII, onde o multiplayer online é uma característica fundamental da mesma forma que ocorre neste game, erros de conexão eram inexistentes.

A sugestão que não apenas eu, mas grande parte dos jogadores do beta deixa para a Square Enix e o Team Ninja (responsável pelo desenvolvimento do jogo) é que usem todos os dados obtidos com este período de testes para corrigirem os gravíssimos problemas de conexão existentes no game, para que não estejam presentes em sua versão final. Se conseguirem fazer isso, este será sem sombra de dúvida um dos grandes lançamentos do começo do ano que vem.

Algo simples e eficaz que talvez resolva parte dos problemas seria a implementação de uma opção para escolher a sua região no multiplayer, de modo que você possa jogar apenas com quem estiver mais perto de onde você está.

Dissidia Final Fantasy NT chega no dia 30 de janeiro para PS4.