Especiais

Sabia que a trilha sonora de Chrono Trigger foi composta por um “novato”?

Chrono Trigger tem uma das trilhas sonoras mais elogiadas dos videogames, um feito extraordinário considerando as limitações de hardware do Super Nintendo. Ela foi composta por Yasunori Mitsuda, que entrou na Square assim que se formou na faculdade, em 1992.

Ao longo de dois anos, ele trabalhou criando efeitos sonoros para muitos games de sucesso, como Secret of Mana e Final Fantasy V. No entanto, ele estava insatisfeito com o baixo salário, além de ter o sonho de fazer a composição de um jogo inteiro. O ponto é que ele teria que dividir o cargo com outro “monstro” das trilhas: Nobuo Uematsu, veterano compositor dos jogos clássicos de Final Fantasy.

Mitsuda deu um ultimato no vice-presidente da Square, Hironobu Sakaguchi, dizendo que queria um salário mais alto e também compor, caso contrário, ele se demitiria. Sakaguchi então deu a oportunidade de trabalhar no jogo que veio a ser o Chrono Trigger e disse “depois que você terminar, talvez seu salário cresça”. 

Agarrando a “oportunidade ao máximo”, Mitsuda disse em uma entrevista ao canal 1UP que queria desenvolver “um tipo de música que não se encaixaria em nenhum gênero… talvez a música de um mundo imaginário.”

“O diretor do jogo, Masato Kato, era um amigo próximo, então eu sempre conversava com ele sobre a cena antes de compor”.  – diz Mitsuda.

Sabia que a trilha sonora de Chrono Trigger foi composta por um "novato"?
Reprodução

O compositor ficava depois da hora no estúdio desenvolvendo as músicas, e acabou criando 54 faixas com cerca de dois minutos de duração antes de repetir, algo atípico para os jogos da época. Além disso, ele teve o azar de ter 40% das músicas prontas corrompidas quando danificou um disco rígido em uma batida acidental, tendo que compor novamente diversas faixas.

Tanto esforço e trabalho teve um preço: ele acabou tendo úlcera de estômago e precisou ficar hospitalizando durante a “reta final” do projeto. Nesse momento, o já citado Uematsu compôs as músicas restantes.

A faixa Too Far Away Times foi dedicada a uma “certa pessoa com quem gostaria de compartilhar uma geração”, segundo uma entrevista ao Original Sound Version.

Vale dizer que depois de recuperado, ele assistiu o final do jogo junto com a equipe antes do lançamento do game, chorando após ver seu trabalho concluído.

Artigos relacionados