Share Button

Quando se fala de RPGs eletrônicos, o que vem à mente são aventuras épicas em que o jogador deve sacrificar algumas dezenas de horas em frente à televisão até chegar ao final. Mas, e se toda essa aventura fosse reduzida a, digamos, 30 segundos? Parece impossível, não? Mas é justamente esta a proposta de Half-Minute Hero – a qual o título cumpre muito bem.

O jogo é uma paródia dos RPGs tradicionais, prestando homenagem às histórias e estilo gráfico dos jogos da geração 8 bits. Em vez de aproveitar todo o potencial tridimensional do PSP, o título opta por mostrar uma série de pixels simples, com momentos em que os personagens são mostrados de forma estourada e quase irreconhecível na tela – lendo, pode parecer algo estranho, mas o resultado geral é muito engraçado.

O modo principal do jogo, “Hero 30”, narra a eterna batalha entre o Ultimate Evil e a Time Goddess, em que a destruição do mundo foi várias vezes evitada pela deusa em diversos períodos da história. Agora, o Ultimate Evil está de volta, com um poderoso feitiço capaz de destruir todo o planeta em 30 segundos – cabe a você, no papel de um simples cavaleiro, evitar que um desastre aconteça e trazer de volta a paz ao reino.

O roteiro e os personagens que aparecem são claramente inspirados em títulos clássicos dos RPGs japoneses, com comentários que fazem graça das convenções do gênero. Elementos como ganhar níveis, comprar itens e completar missões estão incluídos, dando a sensação de se tratar de um título convencional – é claro, com a limitação de ter que fazer tudo isso em 30 segundos.

Felizmente, o herói conta com a presença da Time Goddess para dar uma mãozinha – além de parar o cronômetro quando se entra em uma cidade, a deusa é capaz de estender o tempo disponível por mais 30 segundos – é claro, tudo isso em troca de um valor em dinheiro ou todos os equipamentos conquistados até o momento.

Ganhar níveis é uma tarefa fácil, já que a quantidade de experiência adquirida é absurda e não é preciso se preocupar com a inserção de comandos – o personagem simplesmente anda na direção dos inimigos e ambos perdem pontos de vida durante o contato, sobrevivendo o mais forte. Assim que surge a mensagem You > Evil o jogador está preparado para derrotar o chefe de cada cenário e acabar com a ameaça que pretende destruir o mundo.

Além do modo principal de jogo há o “Princess 30”, em que você deve ajudar a princesa a escapar do castelo durante os 30 segundos em que o portão fica aberta, em busca de itens capazes de ajudar a curar a doença de seu pai. A jogabilidade funciona de forma semelhante a um shooter, e a dificuldade geral não é das mais exigentes, permitindo que as 30 missões disponíveis possam ser finalizadas rapidamente.

Completando o pacote há o modo “Evil Lord 30”, que simula um título de estratégia em tempo real bastante acelerado. Funcionando de forma semelhante a um jogo de pedra-papel-e-tesoura, o segredo para ganhar as partidas é utilizar de forma competente as unidades disponíveis para derrotar os inimigos que surgem, apostando nas fraquezas adversárias para ser bem sucedido.