Curiosidadesr7

O primeiro filme que aborda o mundo dos videogames veio em 1982

Tron fez sucesso moderado na época, mas é considerado um clássico cult

Tron – Uma Odisseia Eletrônica, lançado em 1982, foi o primeiro filme da história a retratar o mundos dos videogames em sua história. Nele, o protagonista Kevin Flynn é um designer de arcades e ele acaba sendo sugado para o mundo dos videogames que ele mesmo criou e precisa dar um jeito de voltar ao mundo real.

O filme foi idealizado, escrito e dirigido e por Steven Lisberger, se destacando também por ser uma das primeiras produções a usar, em boa parte do filme, imagens geradas em computador, também chamadas de CGI. A inspiração para o longa veio no ano de 1976, quando Lisberger ficou intrigado com um dos primeiros games da história: Pong.

Empolgado com a tecnologia, ele conversou com o futuro produtor do longa, Donald Kushner, para criarem um estúdio de animação e desenvolver um filme inteiramente animado que explorasse o mundo dos videogames. No entanto, ele eventualmente achou que seria uma boa ideia colocar elementos de live-action também.

O projeto foi levado para vários estúdios, mas houve muitas rejeições, até eles chegarem a Walt Disney Productions que concordou em financiar e distribuir o Tron. O filme foi lançado nos cinemas no dia 9 de julho de 1982, rendendo um sucesso moderado de público e boas análises da mídia, que elogiaram principalmente o visual e a alta tecnologia colocada no filme, mas criticaram a história por ser confusa e incoerente.

Além do pioneirismo em ter como tema central os games, ele também foi pioneiro em se expandir para os próprios videogames, incluindo um jogo de arcade lançado logo depois do filme. Curiosamente, uma sequência só veio a surgir 28 anos depois, no ano de 2010, chamado Tron: Legacy.

Vale dizer que mesmo com um sucesso moderado na época, o Tron deixou um legado enorme para a indústria cinematográfica. Segundo John Lasseter, que chefia a Pixar, ele disse que o estúdio foi criado após ele assistir ao filme, e disse em uma entrevista “sem o Tron, nunca existiria Toy Story”.

Artigos relacionados