Share Button

No começo da semana passada, o site Ars Technica havia divulgado uma pesquisa na qual era dito que a retrocompatibilidade de Xbox 360 com Xbox One não era muito utilizada pelos donos do console.

A notícia fez com que gente graúda da Microsoft viesse a público esclarecer a situação, incluindo o diretor de marketing do Xbox, Mike Nichols, o qual disse que aproximadamente 50% dos donos de Xbox One já jogaram através da retrocompatibilidade.

Eis que agora, no último domingo (11), o pessoal do site Ars Technica falou que recebeu novos dados da Microsoft e admitiu que a pesquisa divulgada anteriormente estava errada pois não utilizava dados completos.

“A Microsoft nos deu motivos para acreditar que os dados de uso fornecidos pelo Xbox API consistia de estimativas totais incompletas do uso da Xbox Live, e não reflete uma estimativa completa de uso recente pelas Gamertags amostradas”, diz o site.

“Esta falha nos dados subjacentes nos levou a subestimar imensamente o tempo de uso total dos aplicativos e jogos na nossa amostra”, continuou. “Gráficos que se referem à média de minutos jogados ou porcentagem de usuários que acessaram o game neste período de 4 meses e meio parecem ser uma ordem de magnitude menor do que o uso e tempo real por app. A seção ‘Jogos e Apps’ do Xbox One foi usada por 71% dos jogadores durante nossa amostra, de acordo com a Microsoft, e não aproximadamente 6,3% como mostrado por nossos dados.”

A Microsoft disse que, “Nós sabemos especificamente, baseado em nossas informações completas do uso de dados da Xbox Live, que os jogadores estão altamente engajados com jogos retrocompatíveis. É por isso que continuamos dando suporte para este recurso tão querido e os jogos que o usam.”

A empresa realmente está levando a sério isso, tanto que anunciou na E3 2017 que estará trazendo jogos do Xbox original para serem jogados no Xbox One via retrocompatibilidade.

Via UOL Jogos