Share Button

Saudações meu caro amigo leitor, caso você esteja procurando um RPG com estilo retrô, com combates de turnos com muita estratégia e com um tema scifi envolvente (com referências de Star Wars, Star Trek e outros), então Star Renegades foi feito sob medida para você!

Desenvolvido pelo estúdio indie Massive Damage Games (de Halcyon 6) e distribuído pela Raw Fury, o título foi lançado em setembro para PC, e agora chega também para consoles, disponível a partir de 19 de novembro no Nintendo Switch e Xbox One e a partir do dia 25 de novembro no PlayStation 4.

Aventura interdimensional

O game tem grande enfoque na história (infelizmente sem tradução para o português) e já começa com o bicho pegando e de forma interessante, mostrando um pequeno grupo de renegados espaciais que lutam contra o maligno Imperium, uma força interplanetária que trará ruína e caos através de múltiplas linhas do tempo.

A ambientação, os inimigos, armas e personagens possuem todos um design artístico futurista muito bem elaborados e criativos, que certamente vai despertar a atenção dos fãs do gênero, tudo isso feito com animações incríveis em pixelart.

O jogo é no estilo roguelite/roguelike, ou seja, os mapas são gerados aleatoriamente a cada partida. Sempre que o jogador perder todos os membros do seu grupo (e acredite, isso vai acontecer), um robô é enviado à uma nova dimensão com o conhecimento adquirido para dar uma chance de vitória ao novo grupo de heróis e manter a chama da esperança.

Sistema de combate dinâmico e variado

Cada dimensão e cada partida são desafiadoras e únicas, sendo que os mapas oferecem diferentes caminhos que podem conter novos equipamentos, atualizações de armadura, escudos, dinheiro e assim por diante.

A maioria das áreas contêm um chefão mais parrudo para ser derrotado, que ajudam o grupo a subir de nível. Porém, se esses chefões te derrotar, eles são promovidos e sobem de nível, tornando-se ainda mais difíceis de serem derrotados nas próximas partidas.

O sistema de combate é outro elemento que chama a atenção, que utiliza uma barra de linha do tempo de ação dos seus personagens e dos inimigos, localizada na parte superior. Esse sistema é bem desafiador e tático, já que suas ações, combinadas com as dos rivais, vão decidir a ordem de ação de cada turno.

Parece complicado, mas o jogo oferece um bom tutorial que explica os vários tipos de ataques (e defesas) e seus efeitos e como eles devem ser utilizados, e depois de um tempo você vai pegando as manhas de como tudo funciona.

Personagens mais ágeis podem atacar os inimigos mais rapidamente, mas geralmente seus ataques são mais fracos, enquanto personagens mais fortes e robustos são mais lentos. Além da barra de vida, os inimigos contam com armadura e escudos, que recebem danos de formas diferentes, deixando os combates mais complexos.

Trilha retrowave na caixa!

Ataques críticos, quebra de armaduras, anulação dos ataques do inimigos, habilidades especiais, ataques em conjunto, interrupções, contra-ataques, combos, são apenas alguns dos elementos que transformam esse combate em uma verdadeira partida de xadrez, que vai exigir do jogador atenção e domínio de seus personagens e conhecimento das fraquezas dos inimigos.

E para fechar o pacote, Star Renegades conta com uma belíssima e marcante trilha sonora no melhor estilo eletrônico retrowave que se encaixa como uma luva com a atmosfera scifi retrô do jogo – inclusive, eu até recomendo você dar uma pausa na ação para curtir os sintetizadores e batidas eletrônicas de maneira isolada.

Conclusão

Star Renegades oferece uma gratificante experiência no estilo RPG e roguelike, com visuais scifi belíssimos em pixelart, um sistema de batalha recheado de recursos e possibilidades e uma trilha sonora maravilhosa. Se você gosta de desafios e desse gênero de jogo, essa é uma aquisição mais do que recomendada.

Prós

  • Belíssimo visual pixelart
  • Sistema de combate complexo e variado
  • Variedade de personagens
  • Trilha sonora magnífica
  • Desafiador na medida certa
  • Tutorial decente

Contras

  • Não tem legendas em português
  • Após um tempo, pode se tornar repetitivo

Nota: 8.0