Share Button

Sniper: Ghost Warrior, desenvolvido pela CI Games surgiu em 2010 e sempre chamou a atenção por ser bem diferente dos FPS’s que temos por aí e também pelos seus gráficos (em especial no PC). A franquia focada em furtividade sempre buscou combinar estratégia com tiroteio e nunca errou em sua fórmula. O terceiro game da série chega em 2017 com tudo e muitas novidades. Confira agora nossa análise.

No game você assume o papel do fuzileiro John North, quem está em atuação na Geórgia, um país europeu que faz fronteira com a Rússia. John aceita esta missão pois encontra indícios de que seu irmão, sequestrado há dois anos pode estar vivo e em algum lugar do país. Com a ajuda de seu parceiro Frank Simms e dá também agente e ex-namorada Lydia, o capitão americano desbravará o território georgiano para eliminar as ameaças locais e salvar seu irmão.

Vista ao entardecer.

Sniper Ghost Warrior 3 é um FPS em mundo aberto, diga-se de passagem, o primeiro da franquia neste molde open-world. O jogo não é linear, contando com missões primárias e secundárias permitindo a exploração do mapa. As viagens pela Geórgia podem ser feitas a pé, de carro ou através de viagem rápida a pontos específicos do mapa.

A CI Games investiu graficamente e o jogo chama a atenção em vários detalhes. Primeiramente pela beleza da geografia local, seja de dia ou a noite o game faz bonito com seu contraste de iluminação. Além disso as armas são muito bem detalhadas e um ponto interessante é que a empresa optou por um arsenal menos previsível, apresentando modelos pouco visto em jogos do tipo.

Em seu esconderijo é possível restaurar a vida e escolher missões.

A jogabilidade e a experiência proporcionada por ela é sem sombra de dúvidas o ponto alto do título. Por ser um jogo focado em stealth e ações táticas, tentar agir de frente para o inimigo não é uma opção viável, e é bem provável que você morra muitas vezes tentando agir desta maneira, pois bastam poucos tiros para seu personagem ser abatido. O segredo do sucesso neste game é pensar e usar os recursos oferecidos, como o ajuste de luneta do rifle, silenciadores e drones, por exemplo.

Use o drone para mapear o local da missão.

As missões de maneira geral não são muito longas e demoram em média 30 minutos para serem finalizadas depois que se pega a prática do game. As bases inimigas são repletas de soldados que são alertados por qualquer coisa e facilmente detectam sua presença, por isso, chegar agachado e fazer um mapeamento da área quando possível é essencial para sobreviver.

Enquanto os inimigos têm uma ótima Inteligência Artificial, os civis… bem, nem tanto. Simplesmente não se incomodam em ver um homem armado passando para lá e para cá. Isso não estraga o game, mas seria interessante vê-los preocupados ou alarmados, bem como vilarejos mais vivos.

Use o veículo para viajar pelo mapa e fugir dos inimigos.

Como citato anteriormente é possível explorar os cenários e é neste momento que se encontra muitos itens interessantes para criar balas ou kits médicos, por exemplo, então sempre que possível dê uma volta em busca de maletas ou revire os corpos dos inimigos abatidos. Outro destaque são os upgrades que são divididos em três categorias e são adquiridos ao completar missões, com estes pontos você pode melhorar as habilidades de seu personagem de acordo com seu estilo de jogabilidade.

Faça ajustes na luneta para o tiro sair perfeito.

Ghost Warrior 3 é o tipo de progresso que todo jogador gosta de ver em uma franquia. Para os fãs de stealth e sniper é um jogo indispensável que oferece possibilidades e liberdade na hora de decidir o que fazer e como fazer. Alguns pequenos detalhes poderiam ter sido ajustados antes do lançamento, mas nada que retire o brilho do título. Sendo desafiador vale a pena jogar mais de uma vez e testar suas habilidades em níveis mais difíceis.